Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
mato grosso do sul

MS tem a melhor média de satisfação entre os beneficiários do Minha Casa Minha Vida

21 Nov 2013 - 13h24Por Notícias MS

A qualidade dos imóveis, a parceria de sucesso do Estado com o governo federal e as prefeituras e ainda o rigor na seleção das famílias beneficiadas colocam Mato Grosso do Sul no topo do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV). Pesquisa do Ministério das Cidades aponta que o Estado tem a maior nota média do País (9,8) relativa ao nível de satisfação do morador com o novo lar.

O levantamento divulgado esta semana foi realizado entre os meses de agosto e setembro de 2013, com base em uma amostra de 324 empreendimentos, com 7.620 moradias, localizadas em 187 municípios brasileiros. O resultado indica que os mutuários das unidades do programa federal, em uma escala de 0 a 10, dão nota média de 8,8 para o item de satisfação com a moradia.

“As nossas casas têm qualidade, são projetos muito bem elaborados e com toda infraestrutura, fiscalizados e aprovados pela Caixa Econômica Federal”, destacou o secretário estadual de Habitação e das Cidades, Carlos Marun. Ele citou ainda a forte parceria com a União e os municípios e a criteriosa seleção das famílias atendidas como pontos positivos na obtenção do grau de satisfação dos moradores. “Essa parceria materializa o sucesso do programa em Mato Grosso do Sul.”

 
Marca histórica
Ao divulgar os dados, o ministro Aguinaldo Ribeiro destacou que a média de satisfação alcançada por Mato Grosso do Sul mostra o alcance social e o comprometimento do programa e seus gestores, sejam na esfera federal ou estadual. “O programa está seguindo a diretriz que é proporcionar inserção de famílias de baixa renda no cenário em desenvolvimento do país”, citou ele.
 
A pesquisa revela, segundo Marun, que investir em habitação para quem realmente precisa de um teto gera a valorização do bem recebido pelo beneficiado. “A nota atribuída pelo nosso mutuário à moradia demonstra que o governo do Estado promove uma política habitacional bem sucedida, onde a seleção dos beneficiados baseia-se em critérios do Conselho Estadual das Cidades e da Caixa”, completou.
MS Forte 2
Em sete anos o governo do Estado tem garantido moradia digna para famílias que vivem na área urbana, para o homem do campo, comunidades indígenas e quilombolas em todo Mato Grosso do Sul. A meta do programa habitacional até dezembro de 2014, ao final da segunda gestão do governador André Puccinelli, é atingir a construção de 70 mil casas em todos os 79 municípios – ou uma moradia por hora, marca histórica.
Os recursos federais e estaduais aplicados chegarão a R$ 2 bilhões, em oito anos, beneficiando mais de 280 mil pessoas e gerando 40 mil postos de trabalho na construção civil. O MS Forte 2, programa lançado em agosto deste ano, com investimentos de R$ 3,6 bilhões em obras e ações, vai continuar realizando o sonho da casa própria para mais 10 mil famílias com a construção de novas moradias.
 
 
Inovação
Cumprindo metas, o governo estadual já entregou 30.796 unidades e 28.545 estão em fase de construção ou contratadas, totalizando 59.341 habitações.  “São muitos os programas que se concentraram no Minha Casa, Minha Vida e nunca se construiu tanta casa em um governo do nosso Estado”, disse André Puccinelli. “Somos exemplo graças à união de esforços com o governo federal e os municípios”.
O Estado tem buscado novas formas e alternativas habitacionais para melhorar a qualidade de vida da população e das moradias entregues. O residencial Ronaldo Tenuta, em Campo Grande, considerado inovador no setor, é formado por casas com área de 36,14 metros quadrados (dois quartos, sala, cozinha e banheiro), além de possuir sistema de aquecimento solar em cada uma das 860 unidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - EMENDAS DA SENADORA
Entre construção do Corpo de Bombeiros e saúde, Simone já destinou R$ 1,8 milhão para Fátima do Sul
JATEÍ - TRABALHOS RETOMADOS
Reeducandas retomam trabalho de limpeza urbana com adoção de medidas preventivas em Jateí
RETORNO ÀS AULAS EM MS
MS discute estratégias de retorno às aulas presenciais de forma segura
PONTE DE MADEIRA
Fogo 'engole' ponte e Agesul trabalha para liberar tráfego na MS-228
JATEÍ - PESQUISA REGISTRADA
Eraldo tem 71,2%, indica instituto London Pesquisas, veja os números em Jateí
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Polícias e Bombeiros do MS recebem R$ 50 milhões em investimentos do Governo do Estado
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS reforça estrutura das polícias para combater criminalidade
CORONAVÍRUS NO MS
Mato Grosso do Sul é o 3º Estado que mais testa para a Covid-19 no Brasil