Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 26 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
Operação de resgate

Mergulhadores acham cabines de balsa cheias de corpos na Coreia

Número de mortos confirmados chegou a 185; 117 estão desaparecidos.

25 Abr 2014 - 07h45Por G1

Os mergulhadores que trabalham no resgate das vítimas do naufrágio que ocorreu na semana passada na Coreia do Sul estão encontrando cabines cheias de corpos dos passageiros, mas enfrentam dificuldades para recuperá-los, informou a rede de TV americana “CNN” nesta sexta-feira (25).

Segundo autoridades sul-coreanas, mergulhadores encontraram os corpos de 48 meninas que usavam coletes salva-vidas em uma cabine com capacidade para 30 pessoas, indicando que muitas vítimas foram para o mesmo local quando a balsa começou a virar.

O número de mortos confirmados na tragédia é de 185, segundo a Guarda Costeira sul-coreana. Há 117 desaparecidos.

A balsa naufragou na quarta-feira passada, após fazer uma curva repentina e adernar, no trajeto entre a cidade portuária de Incheon e a ilha turística de Jeju. Na quarta-feira, o número confirmado de mortes chegava a 150, sendo que muitas vítimas foram achadas na popa do navio.

O capitão da embarcação, Lee Joon-seok, de 69 anos, e outros tripulantes foram detidos sob suspeita de negligência.

Paralelamente, promotores que investigam o acidente fizeram buscas na casa de Yoo Byung-un, chefe da família proprietária da empresa Chonghaejin Marine, que operava a balsa Sewol.

Houve buscas também na casa do filho de Yoo e no escritório de uma igreja à qual ele é ligado, segundo um promotor que pediu anonimato.

As finanças da empresa Chonghaejin são alvo de suspeitas nos últimos dias, mas não está clara qual é a relevância das ações dos promotores. Yoo já passou quatro anos preso por fraude, na década de 1990.

Num gesto raro, a reclusa Coreia do Norte - que rotineiramente ameaça destruir a vizinha Coreia do Sul - enviou uma mensagem de solidariedade. Os dois países estão tecnicamente em guerra desde 1950.

"Expressamos condolências pelos desaparecidos e mortos, inclusive jovens estudantes, pelo naufrágio da Sewol", disse a mensagem, divulgada pelo ministério sul-coreano da Unificação.

Parente de vítima do naufrágio chora no porto de Jindo enquanto aguarda operações de resgate (Foto: Ahn Young-joon/AP)Parente de vítima do naufrágio chora no porto de Jindo enquanto aguarda operações de resgate (Foto: Ahn Young-joon/AP)
Homem faz orações por desaparecidos à beira do mar em Jindo (Foto: Kim Kyung-Hoon/Reuters)Homem faz orações por desaparecidos à beira do mar em Jindo (Foto: Kim Kyung-Hoon/Reuters)
Mergulhador pula no mar na região onde balsa afundou na Coreia do Sul durante trabalhos de resgate das vítimas nesta sexta-feira (25) (Foto: Yonhap/Reuters)Operação de resgate da balsa 'Sewol' encontrou diversos corpos de passageiros mortos no naufrágio (Foto: Yonhap/Reuters)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega veículos para potencializar produção de erva-mate na faixa de fronteira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h
NAVIRAÍ E TODO MS DE LUTO
Morre deputado estadual Onevan de Matos
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul FÁTIMA DO SUL E CULTURAMA
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul
FALTA DE ENERGIA
Está sem luz? Energisa diz que temporal com '6 mil raios' é responsável por queda de energia
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado entrega 20 motos BMW para a PM e o Corpo de Bombeiros Militar
CALORZINHO NO MS
Cidade de MS bate recorde histórico de temperatura máxima 44,6 °C
SORTUDOS DE MS
SORTUDOS DE MS: 5 apostadores levam a quina da Mega-Sena, confira se foi você