Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
SADER_FULL
Busca
dourados - saúde

Licitação de hospital da Mulher e da criança com obra há 2 anos em atraso sai esse ano, diz reitor

Instituto da Mulher e da criança em Dourados, que será ao lado do HU, está no papel há mais de dois anos

27 Set 2014 - 09h59Por Dourados Agora

Com dois anos e três meses de obras em atraso, o Instituto da Mulher e da Criança (IMC) que será construído em anexo ao Hospital Universitário (HU) ainda não saiu do papel. O jogo de 'empurra' para licitar as obras continua e desta vez há um novo prazo: até dezembro deste ano.

A informação é do reitor Damião Duque de Farias, da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), que recebeu em junho de 2012 o recurso inicial das obras, de R$ 12,9 milhões.

"Ainda esse ano sairá a licitação. A Ebserh está tomando conta e já fez os acertos do projeto, que tivemos dificuldade no início, mas creio que até o final do ano esteja licitado", disse o reitor ao Dourados Agora após o debate entre os candidatos ao governo do estado, na noite desta quinta-feira, no auditório da UFGD.

Pelo projeto inicial, as obras estavam orçadas em R$ 18,9 milhões, sendo R$ 12,9 milhões já destinados pelo governo federal (Ministério da Saúde) e contrapartida de R$ 6 milhões da UFGD, por meio do Ministério da Educação.

Questionado se será preciso mais recursos, o reitor disse que sim. "Vai ser necessário, mas há acordo com os ministérios da Saúde e Educação para finalizar a obra e para adquirir os equipamentos necessários", acrescentou Damião.

 

Reitor durante debate dos candidatos ao governo do estado em DouradosFoto: Rádio Grande FM Reitor durante debate dos candidatos ao governo do estado em Dourados
Foto: Rádio Grande FM

 

Depois que o HU passou a ser administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), autarquia do governo federal, o andamento do processo para a construção do hospital ficou mais lento, sendo alvo de críticas do deputado federal Geraldo Resende (PMDB), autor da emenda que garantiu recurso para a construção da unidade.

 

Em fevereiro deste ano, durante reunião em Brasília, a equipe da Ebserh havia garantido ao deputado que a licitação sairia logo depois do carnaval, mas até agora nada.

A Obra

O Instituto da Mulher e da Criança terá cerca de 10 mil metros quadrados de obra. Trata-se de um importante estabelecimento de saúde destinado ao atendimento às mulheres e às crianças da região de Dourados. Pelo projeto inicial, serão 204 leitos destinados aos serviços de ginecologia, obstetrícia, pediatria e neonatologia.

A unidade de saúde terá cinco andares, com subsolo e mais quatro pavimentos com consultórios de ginecologia e obstetrícia, banco de leite, consultórios de pediatria, Pronto Atendimento Pediátrico (PAP) e salas das residências.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Casal utiliza escada da Lagoa Misteriosa durante mergulho  Foto: Redes Sociais IMAGENS INCRÍVEIS
'Escada mais famosa' de MS vira cenário para turistas durante mergulho e viraliza, ASSISTA
Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
AGEPAN AGEPAN - FISCALIZAÇÃO
Agepan retoma fiscalização programada e verifica serviço de saneamento em 3 municípios
FRIO INTENSO
Frio chega com força e pode ser o mais intenso do século no Brasil
Primeira onda de frio intenso chegou ao MS no final de junho (Foto: Arquivo/Marcos Maluf) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS OLHA QUEM TÁ VOLTANDO
Frio volta na próxima semana e mínimas podem chegar aos 3ºC
SEGURANÇA E TECNOLOGIA
Princípios básicos da segurança cibernética em empresas
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Investimentos do Governo na área habitacional melhoram a qualidade de vida de famílias de Bela Vista
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estrada Viva: Seinfra, UEMS e Ong's se unem para mitigação de morte de animais nas rodovias de MS
LOCKDOWN EM CIDADE DE MS
Cidade de MS decreta 'lockdown' de 4 dias e manda população estocar alimentos
by baymetrics.analytics SEGURANÇAS CIBERNÉTICA
Princípios básicos da segurança cibernética em empresas