Menu
SADER_FULL
segunda, 8 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
TIM foi condenada

Justiça condena TIM por chamar cliente de "a mais enjoada que já existiu"

30 Nov 2013 - 07h36Por Uol

A operadora TIM foi condenada pelo TJ-GO (Tribunal de Justiça) nesta sexta-feira (29) a indenizar em R$ 6.780 uma cliente de Goiás por dano moral. A consumidora foi chamada de "a cliente mais enjoada que já existiu" na nota fiscal de um chip que comprou em um loja da empresa. Cabe recurso às duas partes: a cliente pode pedir uma indenização maior e a companhia pode contestar algum ponto do veredicto.

  • Reprodução

    Nota emitida em loja da TIM chama mulher de "a cliente mais enjoada que já existiu"

O caso ocorreu em novembro de 2010. Na ocasião, Maria Helena Bueno assinou um plano pós-pago na operadora TIM. No entanto, após certo tempo de uso, o chip queimou. Ela foi orientada a ir até uma loja para troca, mas mesmo assim a linha não funcionou.

A cliente foi mais duas vezes até o local para trocar o chip com o mesmo problema. Segundo Rogerio Rodrigues, advogado de Maria, sua cliente não foi bem atendida pelo vendedor em sua última visita à loja. Ao fornecer mais um chip para a consumidora, ele colocou como observação na nota fiscal: "a cliente mais enjoada que já existiu".

De acordo com Rodrigues, o vendedor após imprimir a nota quis tomá-la das mãos da cliente, mas Maria não deixou e saiu do estabelecimento com o documento em mãos. Mesmo após a troca do terceiro chip, a linha continuou a não funcionar, o que motivou a cliente a cancelar a assinatura do serviço.

Consultada pela reportagem, a TIM informa que os funcionários envolvidos nesse episódio foram desligados pela atitude inadequada. Além disso, a companhia "reforça que repudia este tipo de comportamento" e que "realiza constantemente treinamento em todas as suas unidades (...) para atender o cliente de forma cuidadosa, com qualidade e o máximo de dedicação."

Caso semelhante

Recentemente, um cliente de Mato Grosso do Sul recebeu uma conta da operadora Claro que o chamava de "Otário Chorão". O empresário César de Medeiros havia telefonado para a empresa para pedir um desconto.

A operadora pediu desculpas ao consumidor após o ocorrido, disse que demitiu o funcionário responsável e ainda o convidou para conhecer as dependências da companhia no Rio de Janeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Assembleia inicia semana com 10 projetos do Governo em tramitação
Crédito: Reprodução Portal Rio Verde Notícias Ilustrativa ACIDENTE FATAL
Motociclista morre esmagado ao ultrapassar carreta em MS
PREVISÃO DO TEMPO
Chuva com forte intensidade podem ocorrer e vir acompanhadas de raios
CORONAVÍRUS NO MS
Trabalho da SES possibilita habilitação de 115 leitos de UTI-Covid em MS
BORA TRABALHAR
QUER TRABALHAR: "MS Contrata+" já tem mais de 18 mil currículos cadastrados; cadastre o seu também
CONFIRA A PREVISÃO
CONFIRA A PREVISÃO: Final de semana será de céu nublado e chuvas intensas
FATALIDADE NO MS
Jovem de 22 anos é atingido por raio e morre em MS
Sucuri de quase 8 metros é flagrada por motorista, em Paraíso das Águas (MS).  Foto: Ademir dos Santos Domingues DIA MUNDIAL DA VIDA SELVAGEM
De águia carregando macaco a cascavel em hospital veja os flagrantes que 'bombaram' na internet
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Para melhorar malha rodoviária de Três Lagoas, governo assina contrato de R$ 6,9 milhões
APROVADO NA ALEMS
APROVADO: 'Fura-filas' da vacina podem ser multados em mais de R$ 90 mil em MS