Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de fevereiro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Mensaleiro

José Dirceu quer trabalhar em hotel de Brasília e deverá ganhar R$ 20 mil ao mês

27 Nov 2013 - 09h49Por R7

Os profissionais que trabalham próximo ao Hotel Saint Peter, em Brasília, local escolhido pelo ex-ministro da Casa Civil José Dirceu para trabalhar enquanto cumpre regime semiaberto na Penitenciária da Papuda, já começaram a especular como seria a rotina com a proximidade do mensaleiro.   

Embora Dirceu ainda aguarde a aprovação do pedido feito à Justiça para trabalhar no hotel, a possível chegada do ex-ministro da Casa Civil divide opiniões nas redondezas do Setor Hoteleiro Sul.

No ponto de táxi que atende a hóspedes do hotel, os motoristas não falavam de outro assunto. Entre um comentário e outro, o taxista que preferiu ser chamado apenas de José disse estar indignado com a notícia.  

— Eu acho que ele tinha era que trabalhar no Hospital de Base [a maior unidade de saúde pública do Distrito Federal], prestando serviço para as pessoas. Trabalhar aqui, em escritório, está fácil demais para ele.  

Segundo os taxistas, o hotel recebe, frequentemente, políticos do PT.  

O dono do local, o empresário Paulo Abreu é dono da Rede Mundial de Comunicação, que controla as emissoras de rádio Tupi FM, Tupi AM, Mundial, Kiss FM, Scalla FM, Apollo FM, Iguatemi Prime FM, Terra AM, Terra FM e BR FM, entre outras. 

O hotel também já foi morada de outro mensaleiro condenado, o ex-presidente do PT e deputado federal licenciado José Genoino (SP).

Quase todos os taxistas do ponto próximo ao hotel já transportaram Genoino. Segundo um dos motoristas, que também preferiu não dizer o nome, o parlamentar tinha sempre a mesma rotina quando estava em Brasília.  

— Ele saía daqui por volta de 7h, 8h, e ia direto para o Anexo III da Câmara dos Deputados. Era muito tranquilo, entrava e saia do táxi sem conversar muito. A gente sempre levava ele.   

Um dos colegas brinca com a relação entre o ex-morador e a proposta de emprego de Dirceu.   

— Esse hotel aí é de um cara amigo do PT. Genoino morava aí. Acho que ele que pediu o emprego para Dirceu. 

Outro colega ainda desconfia da chegada de Dirceu. O taxista diz acreditar que o ex-ministro não tem coragem de se expor tanto.

— Sei não, mas acho que ele não vem trabalhar aqui. Será? Eu só acredito vendo. 

Ouvindo a conversa de longe, a auxiliar de serviços gerais do hotel ao lado do possível local de trabalho de Dirceu resolveu opinar. Sem se identificar, ela afirmou não ver motivo para desconfiança caso Dirceu venha a trabalhar no local.

— Mas o que essa história interessa pra gente? Quer saber, eu acho que o homem tem direito de trabalhar, não é?

Deixe seu Comentário

Leia Também

SISTEMA DE IRRIGAÇÃO EM MS
Jateí na lista, Agricultores de 08 cidades tiveram financiamento aprovado para sistema de irrigação
PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com novo cronograma, complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS paga R$ 392 milhões em salários nesta segunda-feira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Mineradora anuncia projeto de R$ 40 milhões para extração de basalto em Inocência
O BOTICÁRIO
O Boticário é eleito como a marca de beleza mais amada e preferida dos brasileiros
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Agesul reforça aterros na MS-184 'Estrada-Parque' devido forte vazão das águas
Governo de Mato Grosso do Sul desmente boatos de redução de 20% nos salários dos servidores públicos  Foto: Redes sociais FAKE NEWS
Governo de MS desmente boatos de redução de 20% nos salários dos servidores públicos
VOLTA ÀS AULAS NO MS
VOLTA ÀS AULAS: Governo de MS decide pela retomada das atividades da Rede Estadual de forma remota