Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de junho de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
É tenso o clima em Japorã

Índios e fazendeiros brigam por área de quase 10 mil hectares em MS

29 Out 2013 - 09h21Por G1

Armados com flechas, lanças e facões, os índios da etnia guarani kaiowá não permitem que fazendeiros, trabalhadores rurais e a imprensa entrem nas fazendas ocupadas por eles.

Os produtores rurais afirmam que nos últimos 15 dias, os indígenas invadiram 14 propriedades no município de Japorã, à 477 quilômetros de Campo Grande. Atualmente, cerca de 5 mil indígenas moram na aldeia Porto Lindo, que fica ao lado das fazendas que foram ocupadas. Há 10 anos, eles reivindicam a demarcação de uma área de 9,4 mil hectares localizada nas proximidades do Rio Iguatemi.

Os fazendeiros entraram na Justiça com um pedido de reintegração de posse das áreas, mas enquanto o caso está sendo analisado, a Justiça determinou que a Polícia Federal fique na região para evitar conflitos.

Os fazendeiros só conseguem entrar nas propriedades que estão ocupadas pelos indígenas com escolta da Polícia Federal. Os trabalhadores rurais alimentam os animais que ficaram nas propriedades e depois deixam a terra novamente.

O presidente do sindicato rural da região, Hilário Parise, diz que a maioria dos produtores está com medo de retornar à propriedade.

A administração da Funai, em Ponta Porã, afirma que só tem a confirmação de quatro fazendas ocupadas pelos indígenas. "Essa terra vem sendo reivindicada há mais de 30 anos. O Governo Federal já demarcou em 2005, mas uma série de medidas judiciais estão impedindo a plena posse desses indígenas, que estão vendo muita demora nisso e então, eles estão usando desse artifício para chamar a atenção para o movimento e as necessidades que eles têm", diz Silvio Raimundo da Silva, coordenador regional da Funai.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: Téo Pini, Agesul e CBMMS  AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Bombeiros e Agesul atuam para preservar pontes, vegetação e moradias de ribeirinhos no Pantanal
Fotos: Bruno Rezende AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Nota A: gestão estadual mantém transparência em demonstrativos contábeis e fiscais
João Prestes, Comunicação Semadesc AÇÕES DO GOVERNO DE MS
MS já aplicou R$ 54 milhões em multas por incêndios no Pantanal, e mutirão vai acelerar processos
Foto: Washington Lima / Fátima Em Dia FÁTIMA DO SUL - REVITALIZAÇÃO HORTO FLORESTAL
Prefeita supervisiona de perto a revitalização do Horto Florestal em Fátima do Sul; ASSISTA O VÍDEO
FOTO: ELIAS FERREIRA / LUPA NEWS JATEÍ - CAVALGADA DA FOGUEIRA
Festa da Fogueira: Na tocada da tradição, Jateí prepara cavalgada de tirar o chapéu

Mais Lidas

FOTOS: ELIAS FERREIRA / LUPA NEWSJATEÍ - FESTA DA FOGUEIRA 2024
Atração nacional: Fogueira gigante de Jateí entra na fase final de levantamento
FRIO - FOTO: O CORREIO NEWSINVERNO CHEGANDO
Inverno chega nesta quinta-feira com pancadas de chuva e temperatura baixas, confira a previsão
FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede do senhor Valmir Brito, pai das professoras da REME Vilma e Vanilda
Anne Carolline Barros, de 25 anos, morreu no início da tarde desta segunda-feira (17) (Foto: Reprodução Rede social) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWSACIDENTE FATAL
TRAGÉDIA: Médica recém-formada morre após colisão em poste
Evento
Veja a galeria de fotos do dia 15/06 público e show do Detonautas em Vicentina 37 anos