Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 4 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Glória de Dourados

Glória de Dourados participará da Conferência Nacional do Meio Ambiente em Brasília

23 Out 2013 - 08h10Por Demerval Nogueira / Fátima News

O município de Glória de Dourados participará da IV Conferência Nacional do Meio Ambiente, que acontecerá em Brasília (DF). As conferências são necessárias para promover a participação da população nas políticas públicas. O processo da conferência tem início no município ou em grupos de municípios na condição de Conferência Regional. Na primeira etapa são eleitos os delegados que participam da Conferência Estadual, onde se elegem os delegados para participarem da Conferência Nacional, que acontece em Brasília, no período de 24 a 27 deste mês. Glória de Dourados será representada pelo diretor do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE), Renato Vieira da Rocha. A IV Conferência Nacional do Meio Ambiente tratará sobre Resíduos Sólidos, pois, a meta do governo federal é acabar com os lixões até 2014. Vieira especifica, “este será o momento em que os resultados das conferências estaduais, das conferências livres e das conferências virtuais serão discutidos pelos representantes eleitos”, destacou Vieira ressaltando ainda que “o resultado a ser extraído da IV Conferência Nacional é fruto do debate que se iniciou nos municípios objetivando a construção de políticas públicas sólida para todo o país”, completa.

Na IV Conferência Nacional serão discutidos 4 eixos temáticos. 1º- incentivo à produção e ao consumo sustentável. Produção e consumo sustentáveis significam o uso de serviços e produtos que respondem às necessidades básicas humanas e trazem uma melhoria na qualidade de vida e minimizam o uso de recursos naturais e materiais tóxicos, bem como, as emissões de resíduos poluentes ao longo de seu ciclo de vida, de forma a não colocar em risco as necessidades das gerações futuras. 2º- a política de gestão de resíduos, a redução de impactos e a recuperação ambiental. A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) contribui para a melhoria da qualidade de vida na medida em que oferece diferentes instrumentos para viabilizar a gestão dos resíduos em toda sua complexidade. Um dos maiores desafios das administrações municipais é a disposição ambientalmente adequada dos resíduos sólidos com a eliminação total dos lixões até 2014.

3º- a política de gestão de resíduos e a geração de emprego, trabalho e renda: o desafio da agenda dos catadores. Com o intuito de melhorar os empregos no setor da reciclagem, o Brasil envida esforços para estabelecer cooperativas e institucionalizar o trabalho dos catadores, que atualmente são responsáveis por 90% do material reciclável coletado no país. Hoje são 500 cooperativas e 60 mil catadores. Por isto, a coleta seletiva solidária constitui um pilar essencial para o desenvolvimento sustentável. 4º- Educação Ambiental. A PNRS aponta entre seus objetivos, a redução, a reutilização, a reciclagem, o tratamento dos resíduos sólidos e a destinação final ambientalmente adequada dos rejeitos. Indica também a diminuição do uso dos recursos naturais como a água e energia no processo de produção de novos produtos, o aumento da reciclagem no país, a promoção da inclusão social e a geração de emprego e renda para os catadores de materiais recicláveis, entre outras ações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS NO MS
Mato Grosso do Sul é o 3º Estado que mais testa para a Covid-19 no Brasil
CORONAVÍRUS NO MS
Governador Reinaldo recomenda lockdown, mas diz respeitar autonomia das prefeituras
OPORTUNIDADE NO MS
Inscrições abertas para a seleção de professores temporários, Confira o Edital
ACIDENTE FATAL
Acidente deixa 9 feridos; 3 crianças estão entre as vítimas em MS
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
MS quer ampliar vendas de grãos para o Irã
CORONAVÍRUS NO MS
Ministério da Saúde entrega equipamentos e leitos no combate ao covid-19 em Mato Grosso do Sul
ASSASSINATO
ASSASSINATO: Pistoleiros invadem residência e executam homem enquanto dormia em MS
CORONAVÍRUS NO MS
CHEGOU: Única cidade que não tinha coronavírus, agora tem, e covid está presente em 100% de MS
NOTA MS PREMIADA
CONFERE AÍ: 217 ganhadores da nota MS premiada podem perder R$ 620 mil
CORONAVÍRUS NO MS
MS completa 06 meses de ações contra o coronavírus, confira o balanço geral