Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
DESTAQUES PELO MUNDO

Genro de Bin Laden descreve reunião horas depois dos atentados de 11/9

20 Mar 2014 - 16h02Por Yahoo

O genro de Osama bin Laden, Suleiman Abu Ghaith, descreveu nesta quarta-feira uma reunião com seu sogro poucas horas depois dos atentados de 11 de setembro de 2001 para discutir as consequências dos ataques, mas afirmou que nunca participou de atentados contra os Estados Unidos.

Abu Ghaith testemunhou de surpresa no tribunal federal que lhe julga por terrorismo em Manhattan, em uma declaração na qual, sob perguntas de seu advogado, explicou que foi convocado para ver Bin Laden na própria noite de 11 de setembro de 2001.

Na reunião, que aconteceu "em uma caverna em uma montanha" do Afeganistão, seu sogro lhe perguntou se tinha sabido dos atentados e lhe perguntou sua opinião.

O acusado disse que se os Estados Unidos comprovassem que os atentados eram obra da Al Qaeda, "não parariam" até conseguir duas coisas: "matar Bin Laden e derrubar o regime talibã" no Afeganistão.

Abu Ghaith, um imame kuwaitiano de 48 anos casado com uma das filhas de Bin Laden, disse que nas semanas seguintes participou da gravação de vários vídeos tanto com Bin Laden como seu "número dois", o egípcio Ayman al-Zawahiri, considerado o atual líder da Al Qaeda.

Em um desses vídeos, advertiu que uma "tempestade de aviões" cairia sobre os Estados Unidos, mas hoje assegurou que sua participação nessas gravações se baseava nos elementos indicados por seu sogro.

Questionado por seu advogado, Stanley Cohen, Abu Ghaith assegurou que não estava ciente dos planos do grupo de cometer atentados e rejeitou ter participado da preparação de ataques contra os Estados Unidos.

Além disso, Abu Ghaith afirmou que nunca se tornou um membro da Al Qaeda, mas reconheceu que, como imame, pronunciava discursos de caráter religioso aos combatentes islâmicos que se formavam em campos de treinamento no Afeganistão.

Abu Ghaith, que foi extraditado no ano passado, é a maior figura vinculada à Al Qaeda julgada nos Estados Unidos desde o 11 de setembro, é acusado de fomentar o terrorismo contra os Estados Unidos e pode ser condenado à prisão perpétua se for considerado culpado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado entrega 20 motos BMW para a PM e o Corpo de Bombeiros Militar
CALORZINHO NO MS
Cidade de MS bate recorde histórico de temperatura máxima 44,6 °C
SORTUDOS DE MS
SORTUDOS DE MS: 5 apostadores levam a quina da Mega-Sena, confira se foi você
MS DESTAQUE
Com práticas voltadas para Educação e Gestão Pública, MS é destaque em 1º Prêmio do Brasil Central
FERIADÃO CHEGANDO
Feriado prolongado na pandemia: consciência, reponsabilidade e cuidados redobrados
TURISMO
Conheça o Vancouver com um visto Canadense
DEFESA CIVIL ALERTA
ALERTA DEFESA CIVIL: Tempo seco pode trazer riscos à saúde e incêndios florestais em todo MS
TECNOLOGIA
Detran-MS implementa sistema inovador para pagamento de guias por cartão de débito de todos os bancos
TRAGÉDIAS DA COVID-19
Grávida morre após pegar Covid durante chá de fraldas surpresa
ESPAÇO SAÚDE
Gripe, alergia ou resfriados? Você sabe a diferença?