Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
UNIGRAN DOURADOS
caos na saúde de dourados

Família denuncia que falta de energia casou morte de idosa no Hospital da Vida

Direção do hospital nega que a morte da idosa tenha vínculo com o blecaute

20 Nov 2013 - 08h16Por Alexandre Duarte / 94FM

Logo após um blecaute que atingiu alguns setores do Hospital da Vida ontem (18), a idosa Maria Dantas Vidalgo, 84 anos, veio a óbito. A família atribui a morte a falta de energia, pois alegam que o gerador não funcionou e assim os aparelhos a mantinham respirando deixaram de funcionar.

Segundo familiares, a idosa foi internada na noite de sábado (16), após sofrer um infarto. Desde a internação a família tentava colocá-la na UTI, mas somente ontem conseguiram uma vaga no Hospital Evangélico. Porém, a transferência não foi efetivada por falta de ambulância.

A família relatou à redação que a falta de energia em alguns setores do hospital começou por volta das 15h30 e durou até 19h30. Uma amiga da vítima contou que minutos depois que o fornecimento foi restabelecido, uma enfermeira foi até a família e comunicou a morte da idosa.

Contudo, amigos e familiares acreditam que a idosa tenha morrido logo após o início do blecaute, mas por algum motivo a equipe responsável pela paciente ocultou a informação.

Um dos netos da idosa garantiu que a família não deixará o caso impune. “Isso não se faz, é uma falta de respeito com o cidadão. É uma vergonha a saúde da segunda maior cidade do estado estar nesta situação. Mas eles mexerem em um vespeiro, nós não vamos deixar passar batido e não vamos contribuir com a impunidade”, disse.

Direção do hospital

A redação entrou em contato com a direção do Hospital da Vida a fim de averiguar as informações. De acordo com Orlando Martelli Filho, a falta de energia ocorreu devido a um problema externo, na rede de energia, cuja responsabilidade é da Enersul.

Porém, contrariando a família da idosa, o diretor garantiu que instantes após o início do blecaute os geradores entraram em funcionamento e mantiveram em funcionamento todos os equipamentos críticos necessários para a manutenção da vida dos pacientes. Apenas algumas áreas ficaram sem iluminação, mas os aparelhos não foram desligados, segundo alega o diretor.

Ainda conforme a direção, a morte da idosa não tem vínculo com a falta de energia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CNH EM 2021
Confira as 9 multas que não vão mais gerar pontos na CNH em 2021
EMPREGO E RENDA
Cerca de 5 mil indígenas de MS são contratados por empresas de SC e RS para a colheita da maçã
MIRANDA - MS - PROJETO SALOBRA
Mais uma parceria CRAS e Projeto Salobra, em Miranda
SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTA MS PREMIADA
SERÁ QUE FOI VOCÊ: Mais de R$ 640 mil ainda não foram resgatados do Nota MS Premiada
Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega veículos para potencializar produção de erva-mate na faixa de fronteira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h
NAVIRAÍ E TODO MS DE LUTO
Morre deputado estadual Onevan de Matos