Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 4 de abril de 2020
SADER_FULL
Busca
MEDICAL CENTER - POLONIO
GREVE DOS CORREIOS

Em MS, trabalhadores dos Correios completam 16 dias de paralisação

3 Out 2013 - 10h45Por G1

A greve dos funcionários dos Correios e Telégrafos em Mato Grosso do Sul completa 16 dias, nesta quinta-feira (3). O secretário-geral do sindicato da categoria (Sintect), Alexandre Takashi, disse ao G1 que cerca de 60% dos carteiros aderiram à paralisação em Campo Grande.

Ainda segundo Takashi, a greve deve durar até que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) julgue o dissídio coletivo da categoria. A sessão está marcada para a próxima terça-feira (8). A data foi agendada após a empresa rejeitar a contraproposta da Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos (Fentect), aprovada pela categoria em assembleia realizada na última quinta-feira (26).

Em Campo Grande, os trabalhadores protestam em frente à agência central, localizada na esquina da avenida Calógeras com a rua Dom Aquino. Segundo o Sintect, funcionários das cidades de Dourados, Corumbá, Três Lagoas, Camapuã, Itaquiraí, Iguatemi, Itaporã, Rio Brilhante, Glória de Dourados, Nova Andradina, Paranhos, Paraíso das Águas e Ponta Porã também aderiram à greve.


Outro lado
Conforme posicionamento repassado ao G1 na quarta-feira (2), a assessoria dos Correios admitiu ter recebido, na sexta, a contraproposta enviada por uma parte dos representantes da Fentect. No entanto, afirma que o impacto da contraproposta “praticamente dobraria o custo da proposta já aprovada por sete sindicatos”, sendo rejeitada e informada a decisão à Fentect no mesmo dia.

“A citada contraproposta foi respondida na segunda-feira (30) à Fentect, dando conta que o assunto encontra-se no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho - TST, aguardando o julgamento do dissídio para os próximos dias”, disse a empresa, acrescentando que vai aguardar o julgamento do dissídio para “dar fiel cumprimento às decisões que forem emanadas” pelo tribunal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FEMINICÍDIO NO MS
FEMINICÍDIO: Jovem de 26 anos é assassinada pela ex-marido com tiro no rosto em MS
CORONAVÍRUS NO MS
Saúde de MS recebe 6 mil testes rápidos que saem de 15 a 30 minutos para diagnóstico do coronavírus
MUNDO DA MÚSICA
Dupla de MS briga com Naiara Azevedo por publicar música sem autorização
JATEÍ - MÁSCARAS DE PROTEÇÃO
Com produção de 400 máscaras diárias por detentas de Jateí, começa atender Vicentina e Fátima do Sul
MS NO COMBATE A COVID-19
MS reage à crise do coronavírus com mais de 60 medidas, Confira
TODOS CONTRA CORONAVÍRUS
Grupo Boticário doa 216 ton. de itens de higiene e anuncia apoio à compra equipamentos hospitalares
EM MS
Servidores de MS podem renovar empréstimos com carência de até 6 meses pelo Banco do Brasil
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Mandetta responde críticas de Bolsonaro: 'quem tem mandato fala, quem não tem, trabalha'
CORONAVÍRUS NO MS
Idoso de 60 anos morre com suspeita de COVID-19 e foi sepultado sem velório em MS
DESAFIOS
Riedel destacou que Governo de MS tem 3 desafios diante da pandemia do coronavírus