Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 30 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
ENTRE DOURADOS E DEODÁPOLIS

Duas pontes de madeira serão substituídas por estruturas de concreto entre Dourados e Deodápolis

Duas pontes de madeira serão substituídas por estruturas de concreto entre Dourados e Deodápolis

15 Set 2020 - 21h39Por Luciana Brazil, Agesul\Seinfra

A ponte de madeira entre as cidades de Dourados e Deodápolis, na MS-274, será, em breve, uma paisagem do passado. Em até 30 dias começam as obras de construção da nova ponte de concreto armado, com 91 metros de extensão e 10 de largura. A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) publicou nessa terça-feira (15) o nome da empresa vencedora do processo licitatório.

O Governo do Estado investiu R$ 6,1 milhões na obra que irá atender diversos produtores na região. O prazo para conclusão da ponte são 270 dias, a partir da Ordem de Início de Serviço (OIS), que será dada logo após a assinatura do contrato.

A Agesul também já publicou o nome da empresa responsável pela construção da ponte de concreto sobre o córrego Laranja Doce, na estrada vicinal Barro Preto, entre Dourados e Douradina. Hoje, no local motoristas trafegam por uma ponte de madeira que será substituída por uma estrutura de concreto, com 51 metros de extensão e 6 de largura. Nos próximos dias, a empresa deve assinar o contrato com a Agesul  e logo a obra deve iniciar.

“Programa Mais Pontes”

A construção dessas estruturas faz parte do “Programa Mais Pontes”, criado pelo Governo do Estado para realizar, de forma programada, a substituição de pontes de madeira por pontes ou galerias de concreto: materiais mais duráveis e que requer menos manutenção.

"O 'Programa Mais Pontes' abrange os 79 municípios. Com a crescente expansão do agronegócio e o crescimento das cidades, atender a essas demandas é de suma importância para a manutenção da economia do Estado, além de viabilizar acessos e transformar a vida de muita gente", afirmou o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Murilo Zauith.

Projetos

Das 36 pontes que em julho deste ano estavam em fase de projeto de engenharia, estudo e orçamento, 14 já foram para fase de licitação de obra ou já estão aguardando Ordem Serviço. As outras 22 listadas abaixo, que vão beneficiar diversas regiões do Estado, seguem na etapa de elaboração ou contratação de projeto. 

Córrego Cachoeira (Dois Irmãos do Buriti); Córrego Taguaruçu (Dois Irmãos do Buriti); Rio Dois Irmãos (Dois Irmãos do Buriti);
Córrego Toro (Naviraí\ MS-290) e Rio Amambaí (Itaquiraí\ MS290);
Córrego da Lata, Córrego Dourado, Rio Iguatemi e Córrego Pacova (Iguatemi e Japorã \ MS-386);
Córrego Tapa, Córrego Corredeira, Córrego Desencano e Córrego Canastrão (Terenos\MS-355);
Vazante I, II, III do Inhumas (3 pontes Rio Negro\ MS-228);
Rio Verde (Rio Verde de Mato Grosso \estrada vicinal);
Rio Piripucu (Bela Vista\MS- 472);
Rio Bacuri (estrada vicinal\ Bonito);
Córrego Barreiro (Divisa de Rochedo com Bandeirantes);
Rio Taquara (Laguna Carapã\ MS-378);
Rio Branco (Porto Murtinho\ estrada vicinal);
Rio Inhumas; Rio Coxim; Vazante Corixão (estrada vicinal \ Rio Verde de Mato Grosso e São Gabriel do Oeste);
Rio Midaque (Nioaque);
Rio Aporé (Paranaíba \ MS-434).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME NAS LICITAÇÕES
Ministério Público de MS deflagra a "Operação Decibéis" em Dourados e investiga empresas
É MUITA MACONHA
Apreensão de carga milionária de maconha aconteceu próximo ao rio Dourados
CASO A EXPLICAR
Marido acorda sem a esposa ao lado e encontra mulher morta dentro de um poço em MS
MAL SUBITO
Corpo de homem é encontrado dentro de lagoa no Travessão do Castelo em Dourados
CORONAVÍRUS NO MS
100% de ocupação de leitos de UTI em Dourados preocupa Barbosinha
Caminhão desceu a ribanceira; outros motoristas recolheram alimentos espalhados no local (Foto: Direto das Ruas) FATALIDADE
Douradense morre após caminhão cair em ribanceira na Serra de Maracaju
Live com a coordenadora Ticiana Araujo da Silva e o professor Carlos Valiente foi transmitida pelo Instagram DOURADOS - UNIGRAN
Live no Instagram: Curso de Psicologia fala sobre isolamento social, sofrimento psíquico e pandemia
Cirene Pedroso foi pioneira em Fátima do Sul LUTO - FATIMA DO SUL
Fátima do Sul se entristece com o falecimento da pioneira Cirene Pedroso, esposa do agricultor Mauro
Condenação sofrida pelo município em 2019 começou a ser executada na semana passada RESSARCIMENTO
Prefeitura é condenada a devolver quase R$ 100 mil cobrados em IPTU de igreja
O investimento em melhorias e adequações do prédio da unidade está sendo feito pelo Governo do Estado INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo do Estado promove melhorias e adequações na 2ª Delegacia da Polícia Civil de Dourados