Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 7 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
DOURADOS - BARBÁRIE

Atirador que matou ex-mulher e feriu crianças fez outras vítimas antes de se suicidar em Dourados

Atirador que matou ex-mulher e feriu crianças fez outras vítimas antes de se suicidar em Dourados

13 Jul 2020 - 08h28Por Jessica Beatriz / Dourados News

Na noite deste domingo (12), um atirador identificado como Rosemir Fernandes, 52, matou a ex-mulher, Lucineide Maria dos Santos Ortega, 51, com um tiro nas costas, e depois cometeu suicídio no altar da igreja São José, em Dourados, conforme informado pelo Dourados News. Entretanto, antes de se matar, ele percorreu outros locais deixando um rastro de destruição ao fazer outras vítimas.

O início do caso ocorreu na Rua Rangel Torres, no Jardim Santa Brigida. No local, além de Lucineide, o autor efetuou um tiro no tórax de Luzia Gonçalves Ortega, 32, e um tiro na perna de Dhionatan Santos Ortega, 20.

O atirador também feriu duas crianças, identificadas como Beatriz dos Santos, de 4 anos, com um tiro na cabeça, e Laura Beatriz, de 10 anos, com um tiro no tórax.

Conforme informações policiais, ele também tentou atirar contra a mãe da menina de quatro anos, que conseguiu correr até a esquina. Por falta de munição na arma, o homem não conseguiu baleá-la, dando uma coronhada na cabeça da vítima.

Após isso, o assassino foi até a Rua C12, na Vila Cachoeirinha, próximo a ponte, invadiu a casa de outra ex-mulher, identificada como Sônia Regina Barros Galvão, 47, e efetuou dois disparou no rosto dela.

Antes de cometer o suicídio, o autor ainda se deslocou até o fundo da igreja Assembleia de Deus e atirou contra a residência de um advogado identificado como Teodoro Ximenes.

Só após a série de crimes, o homem foi até a Igreja São José, entrou e caminhou até o altar, onde se matou disparando um tiro na própria cabeça. No momento, fiéis estavam na fila do drive-thru para receber a comunhão.

Com o autor do crime bárbaro, além da arma calibre 38, também foi encontrada uma faca. 

O delegado Gustavo Mussi acompanha o caso e relatou à reportagem do Dourados News que a partir de agora será instaurado um inquérito policial para apurar todas as circunstâncias dos crimes ocorridos, além de verificar se houve a participação de outras pessoas.

Ainda de acordo com o delegado, o crime pode ter sido premeditado. O caso será tratado como feminicídio será  encaminhado para a Delegacia da Mulher.


 

 

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID 19 EM BATAYPORÃ
Em um mês, Covid-19 já matou mais do que a Influenza em 12 anos no MS
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe e padrasto de uma adolescente de 12 anos são autuados por estupro de vulnerável
DOURADOS - 61 MORTES
Com mais dois registros, número de óbito em Dourados chega a 61
DOURADOS - DIREITO DA UNIGRAN
Professor de Direito da UNIGRAN lança um dos primeiros livros sobre a Lei da Pandemia
AUMENTO
Gasolina tem nova alta em Dourados e valor do litro já chega a R$ 4,59
ENTREVISTA
Barbosinha sinaliza receita doméstica para boa gestão
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Primeira semana de agosto tem 632 vagas de emprego na Funtrab
DOURADOS - 57 MORTES
Dourados confirma o 57º óbito e chega a 4.357 casos registrados desde o início da pandemia
DOURADOS - PESQUISA
PESQUISA: Barbosinha lidera com ampla vantagem para Prefeito de Dourados, Veja os números
DOURADOS - 55 MORTES
Idoso morre com coronavírus em hospital e Dourados chega a 55 óbitos pela doença