Menu
SADER_FULL
quinta, 9 de abril de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
PNAD

Distância entre ricos e pobres diminui em Mato Grosso do Sul, mostra IBGE

28 Set 2013 - 07h20Por Correio do Estado

O nível de desigualdade social em Mato Grosso do Sul caiu entre os anos de 2011 e 2012, conforme levantamento da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílio (PNAD) feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A queda foi de apenas 7 décimos, mas representa melhora na qualidade de vida. O Índice de Gini, como é chamado, era de 0,485 há dois anos. Já no ano passado, foi de 0,478. Quanto mais próximo de zero, menor a desigualdade.

A mesma pesquisa mostrou também que houve aumento no rendimento per capita tanto de homens quanto de mulheres em todo o Estado, mas a diferença salarial entre os dois gêneros ainda é grande. Em 2011, a média salarial masculina era de R$ 1.789, mas cresceu 5,5%, alcançando R$ 1.888 em 2012. Já a média salarial feminina era de R$ 1.255 há dois anos e passou para R$ 1.294 há um ano.

O crescimento foi de 3,1%. A diferença entre o rendimento de homens e mulheres chega a 68%. A média salarial de ambos, se comparada com a do restante do Brasil, é a 6ª maior, perdendo para o Distrito Federal e os Estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. 

Há dois anos morando em uma das casas populares entregues no bairro Dom Antônio Barbosa, o catador de materiais recicláveis José Guilherme Ferreira, 44 anos, diz que pouca coisa mudou em seu rendimento ou qualidade de vida nesse período. Ele afirma que os serviços de água, esgoto, iluminação pública e telefone estão presentes no bairro desde a inauguração das moradias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista bate em traseira de carreta e morre ao dar entrada em hospital
BOLETIM CORONAVÍRUS NO MS
BOLETIM: MS tem 04 novos casos entre eles jovens de 22 e 29 anos com Covid-19, Veja a atualização
PANDEMIA
Governo isenta consumidores de baixa renda do pagamento da conta de luz
PANDEMIA
Pagamento das parcelas do FCO empresarial está suspenso até dezembro de 2020
CORONAVÍRUS NO MS
Reinaldo Azambuja destaca generosidade dos deputados e reforça pedido para pessoas ficarem em casa
ATUALIZAÇÃO CORONAVÍRUS EM MS
Quebra do isolamento, faz Covid-19 subir 19 casos em 48h em MS, confira a atualização
CORONAVÍRUS NO MS
Mais 3 novos casos positivos para COVID-19 é confirmado em cidade de MS
AÇÕES DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha e deputados destinam R$ 20 milhões em emendas para saúde dos municípios
CORONAVÍRUS NO MS
No combate ao coronavírus, barreiras sanitárias abordam 7 mil pessoas por dia em MS
CORONAVÍRUS NO MS
MS tem 14 novos casos confirmados de Covid-19, Fátima do Sul tem todos suspeitos descartados