Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 27 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
desvio de bens

Diretora de escola é investigada por abuso moral e desvio de bens

8 Abr 2014 - 13h35Por Campo Grande News

A diretora da Escola Municipal José Mauro Messias da Silva, Dinalva Domingos Morais, está mira do MPE (Ministério Público Estadual) por suposto assédio moral e desvio de bens. A denúncia anônima também chegou à Prefeitura de Campo Grande, que abriu sindicância e constatou “falta de conduta compatível com a moralidade administrativa e ética profissional”.

O caso chegou ao MPE dia 27 de agosto de 2013 e, quase um mês depois, a prefeitura instaurou a sindicância. De acordo com a denúncia, a diretora do colégio, localizado nas Moreninhas, “persegue” funcionários e realiza eventos, sem detalhar o destino do lucro.

Como exemplo, o denunciante elencou uma série de atividades realizadas na escola. Na última feira cultural, a diretora teria “obrigado os professores” a doar brindes para a pescaria e, mesmo assim, cobrou dos alunos para participar da brincadeira. Também revoltou a comunidade o fato de a escola vender cachorro-quente, apesar de usar o pão fornecido pela prefeitura.

Em outro evento, uma gincana, a diretora levou os alunos a “arrecadar alimentos, brindes e dinheiro” pelo bairro, com a alegação de montar cestas básicas para doar aos mais carentes do bairro. O denunciante, por sua vez, afirma que Dinalva ganhou as cestas do comércio local e não revelou o destino dos produtos arrecadados na gincana.

Além disso, ele coloca em xeque o risco que os alunos correram ao percorrem o bairro para conseguir os itens. “E o lucro (dos eventos) onde está?”, questionou na denúncia, encaminhada ao promotor da 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social, Henrique Franco Cândia.

Ainda sobre a gincana, o denunciante afirma que os estudantes ficaram sem o prêmio prometido aos vencedores, no caso um passeio. “Foram expostos a perigos e acabaram frustrados”, comentou.

Desvio de bens – Também pesa sobre a diretora suspeita de desviar bens da escola. Conforme o denunciante, o colégio ganhou da prefeitura televisão, rádio, computador e notebook. “O material não está na escola e, até hoje, a sala dos professores segue sem computador”, afirma a denúncia.

Além disso, chegou ao MPE acusação de desleixo com a limpeza da escola e favorecimento a vereadores. “A limpeza da escola deixa a desejar por falta de profissionais, que mais faltam no serviço do que trabalham”, disse o denunciante. Ele afirma ainda que Dinalva persegue professores e funcionários da limpeza para demiti-los e contratar indicados de políticos.

Em resposta à denúncia e o resultado de sindicância na escola, encerrada em 12 de fevereiro deste ano, a prefeitura decidiu abrir processo administrativo disciplinar contra a diretora e o MPE instaurou inquérito, conforme publicação no Diário Oficial.

Procurada pelo Campo Grande News, Dinalva não retornou as ligações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega veículos para potencializar produção de erva-mate na faixa de fronteira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h
NAVIRAÍ E TODO MS DE LUTO
Morre deputado estadual Onevan de Matos
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul FÁTIMA DO SUL E CULTURAMA
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul
FALTA DE ENERGIA
Está sem luz? Energisa diz que temporal com '6 mil raios' é responsável por queda de energia
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado entrega 20 motos BMW para a PM e o Corpo de Bombeiros Militar
CALORZINHO NO MS
Cidade de MS bate recorde histórico de temperatura máxima 44,6 °C
SORTUDOS DE MS
SORTUDOS DE MS: 5 apostadores levam a quina da Mega-Sena, confira se foi você