Menu
SADER_FULL
sábado, 11 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
CULTURAMA 55 ANOS

Culturama completa 55 anos com uma história linda de um povo ordeiro e acolhedor

Culturama completa 55 anos com uma história linda de um povo ordeiro e acolhedor

13 Jun 2020 - 12h33Por Adélio Ferreira / Fátima News
CULTURAMA - O querido distrito de Culturama completa hoje, sábado 13 de junho de 2020, seus 55 anos de muitas amor e carinho e o calor humano que aquela população tem com todos que chegam e vivem nela.
 
As mensagens vai facebook são diversas e matam a saudade de todos com recordações de fotos antigas e atuais.
 
SUA HISTÓRIA
 
A história de Culturama iniciou-se na década de 60, apartir de um grande flúxo migratório, de pessoas vindas de Estados nordestinos, motivados pela instalação da Colônia Agrícola Nacional de Dourados. Houve então a iniciativa de alguns moradores dos arredores, aproximadamente 14 familias de iniciarem o vilarejo.
 
A partir da iniciativa de alguns moradores dos arredores como o Sr. Adelino Pires de Andrade juntamente, com mais treze famílias iniciaram que vilarejo.
 
Em 1965 foi feita uma campanha com objetivo de coletar nomes para o município, sendo o mais sugestivo Fátima do Sul, nome escolhido pela população da época, em sua maioria católicos e pela sua grande devoção à Santa que apareceu em Portugal “Nossa
 
Senhora de Fátima”. Surgiu a partir daquele momento, também a história da fundação de Culturama um pequeno distrito de Fátima do Sul, que nos dias atuais tem aproximadamente cinco mil habitantes.
 
Em 1965 ocorreu à primeira reunião em prol da fundação de Culturama, quando alguns dos moradores convenceram por meio de muita luta, os proprietários de terras a cederam as frentes de suas glebas para serem cortadas em lotes. Até então nem nome a
 
Vila possuía, era apenas chamada de 7ª linha.
 
Em 13 de junho de 1965, ocorreu a primeira reunião em prol da fundação do distrito. Essa reunião foi feita em uma equipe de 14 pessoas, sendo essa a principal a razão para avenida ser chamada de 13 de junho.
 
No ano de 1964 muitas famílias já haviam fincando raízes em Culturama, mantendo as atividades agropecuárias e residindo no núcleo urbano que se desenvolvia rapidamente. A vila continuava crescendo, e a cada dia recebendo mais famílias migrantes para
 
região. Esse crescimento se dava principalmente graças ao forte fluxo migratório de pessoas vindas em sua maioria dos estados do nordeste brasileiro, aos quais chegavam com numerosa prole e escassos recursos, buscando trabalho nas colheitas de algodão e
 
Amendoim.
 
O nome da Vila foi decidido através de uma eleição em praça pública, quando se elegeu o nome de Culturama pelo fato de ser uma terra boa para a cultura de grãos e alimentos, que na época era muito forte. Logo no principio da colonização de Culturama chegou a essa região o engenheiro agrônomo americano e sua esposa. Dr. Marvin e Dona Dalva que fundaram o primeiro
 
colégio na vila. O colégio O Pioneiro, esse foi um dos fatores que fizeram o distrito crescer e ser reconhecido, através da educação,
 
Entre os fatores que fizeram o distrito crescer economicamente como disse anteriormente um deles foi à instalação do colégio “O Pioneiro”. Outro fator foi à montagem de feiras aos domingos. Essas feiras eram muito movimentadas, momentos
 
Em que muitas pessoas de diferentes lugares, das cidades vizinhas e até da cidade de Campo Grande, vinham vender os seus produtos, comércio, e a agricultura produziam muito e faziam crescer a vila, a movimentação de pessoas e produtos era muito grande isso contribuiu muito para o desenvolvimento cultural e econômico de Culturama. Porém o fator principal e mais importante que fez a cidade crescer foi mesmo a produção agrícola, que na época era muito forte Porém até os dias de hoje ainda migram algumas pessoas, principalmente de origem ou descendência nordestina que depois de idosos, que já trabalharam a vida toda nos
 
grandes centros urbanos, vem morar aqui com seus parentes ou compram as suas casas em busca de descanso, pois hoje Culturama é um pequeno e tranqüilo distrito.
 
História da Igreja Adventista do 7º Dia
 
A menina dos olhos de Fátima do Sul, como é conhecida, é um lugar aconchegante, tranquilo, de gente ordeira e de bem, e que dentro de suas possibilidades, não medem esforços, na busca do crescimento de melhores dias. Deus tem abençoado ricamente a nossa cidade, eis a razão da nossa gratidão.
 
A Igreja Adventista do 7º Dia sente-se honrada por fazer parte dessa história. Pois faz, exatamente 50 anos que aqui chegou, no dia 11 de junho de 1969, a primeira familia adventista "José Rodrigues da Rocha, esposa e filhos. Desde então, pela graça de Deus, a Igreja Adventista tem contribuido, ao longo dos anos, para o bem desta comunidade, desenvolvendo eventos em prol das familias, da saude, levando alegria, esperança e anunciando a breve volta de Jesus.
 
A Primeira familia adventista que chegou no Distrito de Culturama deixou a semente plantada em terreno fértil. A filha de José Rodrigues, Eunice Veiga e o genro Newton Porto, deram continuidade ao belo trabalho implantado em Culturama.
 
Como igreja, firmamos o compromisso com esta comunidade e governantes, a trabalhar em beneficio deste municipio, sendo um ponto de apoio a todos quantos necessitam.
 
Parabéns a todos os culturamenses, que diariamente cumprem sua missão, semeando ações e colhendo conquistas, buscando no presente e no futuro melhor. Deus os abençoe
 
Atualmente o Distrito de Culturama que pertence ao município de Fátima do Sul, é administrado  3ª vez pela prefeita Ilda Salgado Machado, tendo como vice, professor Altair Vieira de Albuquerque. No legislativo o distrito é representado pelo vereador Michel Ceará, e como secretário distrital, Jose Caciano, o popular Teté.
 
(FUNDAÇÃO DOS DISTRITOS DE CULTURAMA-MS e LAGOA BONITA-MS,
ONDE AS HISTÓRIAS SE CRUZAM: A CULTURA NORDESTINA
NOBRES, Floripes Almeida1
 RIBEIRO, Nathália Faria da Silva
 
Colaboração: Neuma Porto

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARTIGO DO LEITOR
Você vive em função de seu passado?
FÁTIMA DO SUL E CULTURAMA - COVID-19
Fátima do Sul e Culturama voltam a registrar novos casos de Covid-19, CONFIRA O BOLETIM
CULTURAMA DE LUTO
Culturamense de 73 anos é 60ª vítima por coronavírus no MS, ela fazia tratamentos em Dourados
FÁTIMA DO SUL E CULTURAMA
Com mais 07 confirmados e 39 casos suspeitos, Fátima do Sul e Culturama voltam a registrar casos
FÁTIMA DO SUL - MAPEAMENTO COVID-19
Culturama registra mais 01 confirmado, confira o mapeamento geral no município em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - CORONAVÍRUS
Fátima do Sul tem mais casos confirmados e curados, 132 casos suspeitos, veja o mapeamento e boletim
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
Com 183 casos suspeitos, boletim informa os casos ativos e recuperados de Culturama e Fátima do Sul
TRAFICO DE DROGAS
Casal de Ivinhema é preso por tráfico de drogas na região de Culturama
FÁTIMA DO SUL - ALARMANTE
Com 45 novos casos Fátima do Sul sobe para 115 confirmados da Covid-19
ARTIGO LUCÉLIA FIGUEIREDO
A cura tem que passar pelo Coração...