Menu
SADER_FULL
quinta, 3 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
agricultura

Cultivo de café é alternativa para pequenos produtores em MS

6 Dez 2013 - 17h43Por Dourados News

Mato Grosso do Sul se destaca em vários setores da agricultura, como na produção de soja, milho, cana-de-açúcar e eucalipto. Para diversificar e oferecer alternativa de cultivo de outras culturas no Estado, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS – Sistema Famasul), oferece uma série de cursos voltados aos pequenos produtores e assentados. Com este objetivo a entidade realiza a capacitação ‘Produção de Mudas de Café’, no município de Sidrolândia, nos dias 10 e 11 de dezembro.

Atualmente, Mato Grosso do Sul não cultiva café para venda industrial e de acordo com o instrutor do Senar/MS, Zeno Fernandes, os pequenos produtores são responsáveis pela produção cafeeira no Estado. “A cultura exige alta mão de obra e isso limita a produção. Mas os produtores que se dedicam à produção do café no Estado têm retorno positivo, devido o consumo elevado tradicional do brasileiro e o valor de mercado vale a pena”, explica o engenheiro agrônomo, Fernandes, ao relatar que o Brasil é responsável por um terço de todo o café produzido no mundo e a saca de 60 quilos do café em Mato Grosso do Sul pode custar a cifra de R$ 250 em média.

A partir da utilização de técnicas adequadas, os participantes da capacitação poderão produzir mudas de café de variedade Sumatra. O preparo de substratos, retirada de gomos e de subsolo, seleção de sementes e formação de viveiros são alguns dos procedimentos para a produção das mudas. “Junto com os participantes do curso, plantaremos mudas de café e no próximo ano voltaremos ao local para dar sequência à capacitação. Desta maneira, quem participar das duas etapas terá conhecimento de todas as fases necessárias para iniciar o cultivo de café”, relata o instrutor do Senar/MS.

Para o cultivo do é preciso que a região tenha temperaturas de 8°C a 30°C, solo com boa drenagem e quantidade de matéria orgânica e topografia acima de 500 metros. Segundo Fernandes, é possível cultivar café em Sidrolândia fazendo apenas alguns ajustes no solo. “O município tem boas condições para o cultivo de café, porém, o solo da região precisa da implantação de matéria orgânica.”, ressalta. Para manter a boa qualidade das mudas, é necessário proteger a plantação das geadas, o que pode ser feito por meio de adubação foliar.

Entre 9 e 14 de dezembro, além do ‘Preparo de mudas de café’, o Senar oferecerá outras 60 capacitações em Mato Grosso do Sul. Conheça o calendário de cursos deste fim de ano acessando www.senarms.org.br ou facebook.com/senarms.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS EM MS
Prosseguir: Governo volta a registrar municípios em grau de risco extremo
CNH EM 2021
Confira as 9 multas que não vão mais gerar pontos na CNH em 2021
EMPREGO E RENDA
Cerca de 5 mil indígenas de MS são contratados por empresas de SC e RS para a colheita da maçã
MIRANDA - MS - PROJETO SALOBRA
Mais uma parceria CRAS e Projeto Salobra, em Miranda
SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTA MS PREMIADA
SERÁ QUE FOI VOCÊ: Mais de R$ 640 mil ainda não foram resgatados do Nota MS Premiada
Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega veículos para potencializar produção de erva-mate na faixa de fronteira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h