Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 25 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ALVORADA
Ribas do Rio Pardo

Com suspeita generalizada de corrupção em Ribas, vereadores se calam na delegacia

25 Nov 2013 - 16h39Por Mídia Max

Dois dos 11 vereadores da cidade de Ribas do Rio Pardo – distante a 97 km de Campo Grande, que são alvo de investigações da polícia civil e do MPE (Ministério Público Estadual) e foram intimados nesta segunda-feira (25), compareceram à delegacia, mas se reservaram o Direito de permanecer em silêncio.

Segundo o delegado de polícia Reginaldo Salomão, os dois vereadores, entre eles o presidente da Câmara, vereador Adalberto Domingues (PRTB), não quiseram falar nada durante o depoimento. O delegado explicou, simplesmente, se calarem, inclusive, em juízo. “Podem ficar em silêncio, mas nós estamos investigando”, ressaltou, lembrando que desde julho quando a denuncia veio à tona, o curso em, que os vereadores estavam ‘supostamente’ inscritos parou.

O caso

Uma operação especial apura irregularidades em recebimento de diária por meio de certificados falsos, além de diversas irregularidades como possível contratação de funcionários de gabinete ‘fantasmas’, contratos irregulares e licitações fraudulentas.

O foco das investigações é o pagamento de diárias por cursos que os vereadores teriam realizado na cidade de Curitiba, no Paraná, entre os dias 19 e 22 de junho desse ano.

Teriam participado das ‘aulas’ o presidente da Câmara, vereador Adalberto Domingues (PRTB), Fabiano Duarte da Silva (SDD), Claudio Roberto Siqueira Lins (PTdoB), Célia Rodrigues Ribeiro (PSDB), Justino Machado Nogueira (SDD) e o funcionário Cacildo Pedro Camargo.

O MPE solicitou comprovantes de hospedagem utilizados para fazer o pagamento das diárias, mas o presidente - passando por cima da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Transparência - informou que a Mesa diretora desobrigou os vereadores de apresentar os comprovantes, por meio de decreto.

Como a câmara de Ribas paga valor fixo de R$ 750 para diárias no Estado e R$ 1,5 mil para fora de MS, os vereadores receberam R$ 30 mil ao todo, ou R$ 7,5 mil cada em apenas quatro dias, valor bem acima do salário de R$ 5,9 mil mensais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega veículos para potencializar produção de erva-mate na faixa de fronteira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h
NAVIRAÍ E TODO MS DE LUTO
Morre deputado estadual Onevan de Matos
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul FÁTIMA DO SUL E CULTURAMA
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul
FALTA DE ENERGIA
Está sem luz? Energisa diz que temporal com '6 mil raios' é responsável por queda de energia
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado entrega 20 motos BMW para a PM e o Corpo de Bombeiros Militar
CALORZINHO NO MS
Cidade de MS bate recorde histórico de temperatura máxima 44,6 °C
SORTUDOS DE MS
SORTUDOS DE MS: 5 apostadores levam a quina da Mega-Sena, confira se foi você