Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 28 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
MS 43 ANOS

Capital há 43 anos, Campo Grande evoluiu infraestrutura e logística com recursos do Estado

Capital há 43 anos, Campo Grande evoluiu infraestrutura e logística com recursos do Estado

11 Out 2020 - 12h26Por Sílvio de Andrade, SUBCOM

Com obras estruturantes para projetar a cidade ao futuro, ampliação dos serviços em saúde pública, entretenimento e lazer, mais moradias e segurança e escolas de qualidade, o Governo de Mato Grosso do Sul investe em uma Campo Grande cada vez melhor para se viver. Com 121 anos, 43 deles como Capital, a cidade ganha na administração do governador Reinaldo Azambuja os maiores índices de desenvolvimento humano e econômico.

Moradias para os campo-grandenses: cinco mil unidades

O compromisso do Estado com a população dos 79 municípios se materializa nas realizações conduzidas por Reinaldo Azambuja em Campo Grande, sempre em parceria com a prefeitura. Mais de R$ 1,3 bilhão foram investidos em seis anos, contribuindo para o replanejamento urbano da cidade e assegurando a conclusão de obras paralisadas há décadas, como o Hospital do Trauma, e a revitalização de importantes vias de grande fluxo.

Pavimentação do Jardim Morumbi: reivindicação antiga

“O nosso governo soube construir condições para levar investimentos a todo o Estado, nas áreas da segurança, infraestrutura, saúde e educação, mesmo em situações extremas, como essa pandemia. Em Campo Grande não foi diferente”, afirma o governador. “Concluímos obras iniciadas há muitos anos e resolvemos problemas crônicos. Isso faz parte de uma gestão moderna, em sintonia com os municípios, e que olha o cidadão”, ressalta.

Euler de Azevedo, uma das multivias que concentram os grandes fluxos: revitalização com nova sinalização e acessibilidade

Parceria de resultados

O Governo do Estado construiu uma parceria sólida com a Prefeitura Municipal destinando grande parte dos recursos previstos no Programa Governo Presente (2020/2022) para serem aplicados na Capital. “Moramos em uma das mais belas cidades do Brasil, que desponta e cresce gerando oportunidades. A gente fica contente em participar desse seu gigantismo e mais feliz ainda em comemorar os seus 121 anos”, disse o governador.

Reforma do Ginásio Guanandizão: Campo Grande retorna ao circuito nacional e internacional do esporte

Ao falar da “bela sintonia com a equipe da prefeitura”, o governador cita os importantes investimentos do governo na área de segurança pública, por meio do Programa MS Mais Seguro. “Hoje nossa Capital tem os menores índices de criminalidade, conforme o Atlas da Violência. São conquistas para a população que se consolidam com parcerias de resultado, com muita responsabilidade e espírito público, sem olhar cor partidária”, pontua.

Esporte de quadra reconquista seu espaço: valorização

Reinaldo Azambuja diz que se sente realizado em cumprir mais do que compromissos com a base política do seu governo, mas em interpretar os anseios dos campo-grandenses e tornar realidade obras transformadoras para uma cidade que já é uma metrópole. “É uma cidade que cresce, é acolhedora. Quem vem aqui se apaixona, muitos ficam e aqui se prosperam”, diz.

Revitalização da Rua 14

Obra complexa para contenção de enchentes e adequação viária na Ernesto Geisel: convênio com a prefeitura

O Governo Presente de Reinaldo Azambuja tem uma parcela significativa nos traçados modernos da cidade, cuja beleza e pujança impressionam quem a visita, e no nível de qualidade de vida, um dos mais altos do país. Com a credibilidade de uma administração que criou cenários positivos ante a recessão econômica, colocando o Estado num patamar de equilíbrio financeiro, o governador atuou também em Brasília (DF) em busca de recursos.

Aquário do Pantanal, no Parque das Nações Indígenas: conclusão com transparência e fiscalização do MP

O destravamento de alguns projetos estratégicos para a cidade foi possível com as articulações políticas do Estado e do município, com o apoio da bancada federal, dentre os quais a obra de revitalização da Rua 14 de Julho, símbolo da Cidade Morena, e a implantação da Norte-Sul. Outra obra emblemática, fruto dessa parceria, o Hospital do Trauma foi concluído com verba federal após duas décadas abandonado, elevando o padrão da assistência médico-hospitalar.

Na área habitacional, são cinco mil unidades entregues e em construção. Como parte do Programa Obras inacabadas,  o governo equacionou com transparência e responsabilidade com o dinheiro público os embaraços jurídicos que travavam a conclusão do polêmico Aquário do Pantanal, hoje em fase final de conclusão. No setor esportivo, a reforma do Ginásio Guanandizão coloca a Capital no circuito dos grandes eventos nacionais e internacionais.

Lançada em agosto, revitalização da Avenida Mato Grosso será finalizada neste mês de outubro

Em infraestrutura urbana, por meio da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), os investimentos somam R$ 207 milhões. No volume de obras, destacam-se a pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais do populoso Bairro Aero Rancho, colocando fim a um drama vivenciado pelos moradores há anos. O Estado já executou R$ 7,2 milhões. A segunda etapa das intervenções terá R$ 11,1 milhões, em processo de licitação.

Estado pavimentou dezenas de ruas, como no Bairro Nova Lima

A restauração e ampliação da Avenida Euler de Azevedo, um dos troncos de integração viária da cidade, proporcionou novo reordenamento do fluxo de veículos – obra de R$ 17,5 milhões.

Recentemente, o Estado iniciou a recuperação e reconstrução do pavimento da Avenida Mato Grosso – entre a Calógeras e a Ceará, totalizando 2,9 km - com investimento de R$ 4,5 milhões. As obras estão 60% concluídas e devem ser entregues ao final deste mês de outubro. Na mesma avenida, o Estado implantou a rotatória no cruzamento com a Via Parque.

Hospital do Trauma, concluído após décadas: mais serviços de qualidade em saúde à população

Outra multivia que vem merecendo atenção é a Avenida Ernesto Geisel, onde a parceria com a prefeitura garante intervenções contra enchentes do Rio Anhanduí. O Estado também encampou a revitalização da Avenida Bandeirantes e, através de convênio, repassará R$ 34,9 milhões ao município para implantação de novo acesso às Moreninhas. Os investimentos viários nos parques industriais Indubrasil e Miguel Letteriello somam R$ 8,2 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cena chocou moradores da região - Bruno Henrique/Correio do Estado LAMENTÁVEL
Cena chocou moradores, Motorista mata 4 capivaras e deixa para-choques em canteiro na Capital
ACIDENTE NO TRABALHO
Homem encerra trabalhos em obra e morre dentro de elevador em Campo Grande
BOLETIM CORONAVÍRUS EM MS
BOLETIM: Jovem de 15 anos é uma das vítimas de coronavírus das últimas 24h em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS inicia obras de drenagem e pavimentação no Aero Rancho em Campo Grande
ACIDENTE FATAL
Policial de folga morre em acidente entre moto e carro em Campo Grande
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS constrói quadra poliesportiva em UNEI feminina da Capital
PESQUISA IBOPE NA CAPITAL
Pesquisa Ibope divulga as intenções de voto na corrida pela prefeitura de Campo Grande
Registros de árvores caídas no Santa Emília e Vila Bandeirantes (Foto: Leonardo de França) VENTANIA NA CAPITAL DE MS
Ventania derruba 30 árvores e danifica casas e postes de energia em Campo Grande
VENCEU A COVID-19
VÍDEO: 'Deus cumpre promessa' e pastor Dinho vence a covid-19 após 50 dias internado
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em ritmo acelerado, revitalização da Avenida Mato Grosso está 75% concluída