Menu
SADER_FULL
terça, 2 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Brasil tem 269 distritos em condições de separação do município-sede

11 Nov 2013 - 13h26Por Folha

Conforme as novas regras para a criação de municípios, normas que devem ser ratificadas nesta semana pelo Planalto, 269 distritos do país têm hoje a população mínima exigida para iniciar um processo de emancipação.

Desses, porém, só 16 têm mais habitantes do que o restante do município -o que aumenta as chances de ter votos para vencer o plebiscito, etapa final do processo.

O levantamento foi feito pela Folha com base nos dados dos 5.565 municípios do país, divulgados no último Censo do IBGE. Em média, cada um tem dois distritos.

A partir daí, a reportagem verificou quais deles se encaixam nas novas regras. Entre as exigências, o projeto aprovado em outubro determina uma população mínima para criação de novas cidades: 12 mil nas regiões Sul e Sudeste, 8.400 no Nordeste, 6 mil no Norte e Centro-Oeste.

Editoria de Arte/Folhapress

Outras regras incluem a promoção de estudos de viabilidade técnica e de plebiscito envolvendo moradores do distrito e da cidade-sede.

CANDIDATOS

Dos 16 distritos com mais chance de emancipação, ao menos seis já tentam se transformar em municípios. Apontam como razões a distância em relação à sede, falta de recursos e até identificação maior entre moradores.

Em Sumaré (SP), moradores de Nova Veneza, distrito com 140 mil habitantes, reclamam que não recebem repasses da prefeitura e que, quando precisam de serviços, recorrem a Campinas.

"Nada do que é arrecadado aqui vem para o distrito", diz o comerciante Dirceu Ramalho, 50, um dos articuladores da separação.

Em Justinópolis (MG), moradores querem se separar de Ribeirão das Neves, na Grande BH, e deixar de viver na "capital dos presídios". Já reuniram 15 mil assinaturas -querem chegar a 22 mil.

Para o presidente da comissão pela separação, Janus José, vencer um plebiscito seria fácil -o distrito tem 160 mil habitantes, e o restante da cidade, 130 mil.

Na Bahia, além de população maior que a sede, a distância geográfica é bandeira dos candidatos a cidades.

Como em Nova Viçosa, onde até o prefeito Márvio Mendes (PMDB) apoia a emancipação de Posto da Mata, distrito a 90 km da sede. Motivo: ele vive lá há 35 anos -e pensa em eleição. "Nova Viçosa não ficaria abandonada", diz.

Para Paulo Ziulkoski, presidente da Confederação Nacional de Municípios, exigir um plebiscito pode travar a formação de novas cidades.

"Foi o que se viu no Pará, em 2011, quando a população não aceitou a divisão em dois Estados", afirma.

Ele diz que a emancipação pode ser positiva nos casos em que o distrito fica longe da cidade-sede. E defende que as regras deveriam prever distâncias mínimas entre o novo município e o anterior, o que não ocorre. "Senão cria a indústria da emancipação."

Para o economista Guilherme Mercês, a separação não é garantia de desenvolvimento. A saída, afirma, poderia ser uma gestão descentralizada. "Prover melhores serviços é questão de gestão, não de tamanho ou quantidade de municípios", diz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

APROVADO NA ALEMS
APROVADO: 'Fura-filas' da vacina podem ser multados em mais de R$ 90 mil em MS
Governador de MS, Reinaldo Azambuja, em entrevista coletiva esta manhã (Foto: Paulo Francis) CORONAVÍRUS EM MS
Reinaldo critica "politização da pandemia" e diz que "idiota" espalha fake news
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Para atender região de fronteira, governo assina contrato para obra de R$ 45 milhões na MS-270
ALERTA DEFESA CIVIL
DEFESA CIVIL emite alerta de chuvas intensas e pede para população evitar áreas alagadas
BORA TRABALHAR
BORA TRABALHAR: Funtrab começa mês com 1.066 vagas em 26 cidades de MS
RESUMO DAS NOVELAS
Resumo das Novelas: Confira o que vai acontecer no capítulo desta segunda-feira
SISTEMA DE IRRIGAÇÃO EM MS
Jateí na lista, Agricultores de 08 cidades tiveram financiamento aprovado para sistema de irrigação
PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com novo cronograma, complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas