Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
projetos aprovados

“Botão do Pânico” para defender vítima de violência é aprovado

29 Nov 2013 - 14h21Por Assessoria
Sete projetos foram aprovados na sessão desta quinta-feira (28). 
 
Por maioria dos votos, os parlamentares aprovaram em segunda votação o Projeto de Lei 163/13, de autoria do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que institui o serviço de proteção às mulheres que estão sob medidas protetivas, com a disponibilização de controle eletrônico de segurança preventiva. 
 
A matéria segue agora para apreciação do Governo do Estado.
 
A intenção é ampliar a eficiência da lei federal 11.340, de 7 de agosto de 2006, mais conhecida como a Lei Maria da Penha. 
 
O controle eletrônico de segurança preventiva é um dispositivo que contém GPS e gravador de áudio. Conhecido popularmente como "Botão do Pânico", este equipamento pode ser acionado caso o agressor não mantenha a distância mínima garantida pela lei federal.
 
Também por maioria dos votos foi aprovado em segunda votação o Projeto de Lei 144/13, de autoria dos deputados Marquinhos Trad (PMDB), Zé Teixeira (DEM) e Marcio Monteiro (PSDB), que institui o Programa Leite Infantil no Estado. 
 
Pela proposta, crianças de 6 meses a 3 anos e mães gestantes, previamente cadastradas e com renda média per capita de até meio salário mínimo, terão direito a um litro de leite por dia. 
 
Cinco proposições foram aprovadas por unanimidade. Em primeira votação, o Projeto de Lei 203/13, do Poder Executivo, que faz alterações na lei 2.387, de 26 de dezembro de 2001, que fixa a remuneração dos cargos integrantes do Grupo Ocupacional TAF (Tributação, Arrecadação e Fiscalização). 
 
O objetivo, segundo o governo, é deixar mais claros e definidos os critérios e outros aspectos relativos à reclassificação dos servidores.
 
O PLC (Projeto de Lei Complementar) 010/13 fixa a receita para o Funadep (Fundo Especial para o Aperfeiçoamento e o Desenvolvimento das Atividades da Defensoria Pública) e para o Funde-PGE (Fundo Especial da Procuradoria-Geral do Estado).
 
Já o Projeto de Lei 186, de Pedro Kemp (PT), propõe uma alteração na lei estadual 3.498, de 13 de fevereiro de 2006, que dispõe sobre o processo legislativo de Declaração de Utilidade Pública das entidades e disciplina o processo administrativo de registro das mesmas e o seu cancelamento. A proposta visa à padronização dos documentos que comprovam a idoneidade dos diretores.
 
Por fim, os parlamentares aprovaram dois projetos que tratam sobre a concessão de Título de Cidadão e de Comenda do Mérito Legislativo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SISTEMA DE IRRIGAÇÃO EM MS
Jateí na lista, Agricultores de 08 cidades tiveram financiamento aprovado para sistema de irrigação
PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com novo cronograma, complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS paga R$ 392 milhões em salários nesta segunda-feira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Mineradora anuncia projeto de R$ 40 milhões para extração de basalto em Inocência
O BOTICÁRIO
O Boticário é eleito como a marca de beleza mais amada e preferida dos brasileiros
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Agesul reforça aterros na MS-184 'Estrada-Parque' devido forte vazão das águas
Governo de Mato Grosso do Sul desmente boatos de redução de 20% nos salários dos servidores públicos  Foto: Redes sociais FAKE NEWS
Governo de MS desmente boatos de redução de 20% nos salários dos servidores públicos
VOLTA ÀS AULAS NO MS
VOLTA ÀS AULAS: Governo de MS decide pela retomada das atividades da Rede Estadual de forma remota