Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de julho de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Tragédia em Porto Murtinho

Barco que naufragou no Pantanal é puxado para margens do rio Paraguai

Barco-hotel afundou no dia 24 de setembro em Porto Murtinho.

30 Set 2014 - 09h23Por G1

O barco-hotel que naufragou no Rio Paraguai em Porto Murtinho, a 443 km de Campo Grande, começou a ser puxado para as margens do rio pelos familiares do dono da embarcação, na tarde desta segunda-feira (29), com auxílio de barcos menores, cabos de aço e um rebocador. A Polícia Nacional do Paraguai acompanha o trabalho e parentes acreditam que ainda há vítimas dentro da embarcação.

Após ser arrastado para as margens do rio no Paraguai, mergulhadores da marinha paraguaia devem fazer as buscas dentro da embarcação. A retirada do barco de dentro da água só pode ser feita pela Armada da Marinha do Paraguai, que pediu ajuda ao Governo brasileiro para a operação.

A embarcação afundou no dia 24 de setembro no Rio Paraguai com 26 pessoas a bordo. Desses, 12 conseguiram escapar, 11 corpos já foram encontradados e três continuam desaparecidos. Desde domingo (28), as autoridades brasileiras suspenderam as buscas com mergulhadores na embarcação por causa dos riscos. O trabalho de busca está sendo realizado apenas na superfície do rio.

Materiais encontrados

Na delegacia de Polícia Civil de Porto Murtinho estão sendo reunidos os objetos que foram resgatados pelos mergulhadores brasileiros. No local estão roupas, mochilas, objetos pessoais e até uma máquina fotográfica de uma das vítimas.

Barco-hotel que naufragou em MS tinha 16 brasileiros e 11 paraguaios (Foto: Reprodução/Tv Morena)Barco-hotel que naufragou no rio Paraguai
(Foto: Reprodução/Tv Morena)

Em reunião realizada nesse domingo (28), com a presença de representantes da Marinha do Brasil, da Armada do Paraguai, do Corpo de Bombeiros, do Consulado Paraguaio, da prefeitura de Porto Murtinho e da colônia Carmelo Peralta (Paraguai), ficou definido que o governo paraguaio será o responsável pela retirada do fundo do rio, já que a embarcação é paraguaia e afundou em águas territoriais do país.

Segundo o capitão-tenente da Agência Fluvial de Porto Murtinho, Alexandre Brandão da Silva, a embarcação paraguaia está a cerca 17 metros de profundidade no rio.

O naufrágio
O naufrágio do barco-hotel aconteceu na tarde de quarta-feira (24), quando os turistas retornavam do último dia de pesca. Há poucos minutos de atracar, a aproximadamente 100 metros do cais, a embarcação foi atingida por um tornado e virou.

O acidente ocorreu por volta das 17h30 (de MS), quando ventos chegaram a 93 km por hora no município. Este é o segundo naufrágio em dois dias no rio Paraguai em Mato Grosso do Sul. Na terça-feira (23), uma embarcação da Armada Oficial Boliviana naufragou com 29 pessoas a bordo. Dois corpos foram encontrados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Primeira onda de frio intenso chegou ao MS no final de junho (Foto: Arquivo/Marcos Maluf) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS OLHA QUEM TÁ VOLTANDO
Frio volta na próxima semana e mínimas podem chegar aos 3ºC
SEGURANÇA E TECNOLOGIA
Princípios básicos da segurança cibernética em empresas
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Investimentos do Governo na área habitacional melhoram a qualidade de vida de famílias de Bela Vista
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estrada Viva: Seinfra, UEMS e Ong's se unem para mitigação de morte de animais nas rodovias de MS
LOCKDOWN EM CIDADE DE MS
Cidade de MS decreta 'lockdown' de 4 dias e manda população estocar alimentos
by baymetrics.analytics SEGURANÇAS CIBERNÉTICA
Princípios básicos da segurança cibernética em empresas
TURISMO EM MS
Mirante do Refúgio Canaã é a janela para o paraíso, confira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo Azambuja autoriza obras de pavimentação e recapeamento em Bela Vista
RETOMADA
MS será um dos primeiros a retomar todas as atividades essenciais, afirma governador
FRIO - INVERNO
FRIO INTENSO: Semana começa gelada e temperaturas atingem 4°C