Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 27 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
debate

Audiência debate violência contra jornalistas em MS

8 Nov 2013 - 13h47Por G1

A segurança de profissionais de comunicação em Mato Grosso do Sul será tema de audiência nesta sexta-feira, na Assembleia Legislativa, a partir das 14h (de MS). Medidas e soluções para conter a violência contra estes profissionais estarão em debate. Segundo informações divulgadas pelo legislativo, no evento, serão coletados depoimentos de profissionais do estado que estão em situações consideradas de risco.

Conforme divulgado pela assessoria, foram convidados e devem participar das discussões sobre o tema o presidente do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH), Tarciso Dal Maso Jardim; o secretário de Direitos Humanos da Presidência da República, Bruno Gomes Monteiro; a secretária de Comunicação Social da Presidência da República, Márcia  Brandão Raposo; o secretário geral da  Presidência da República, Sérgio de Carvalho Alli; o representante do Ministério da Justiça, o delegado Júlio Cesar Fernandes dos Santos; o titular do Ministério das Comunicações, James Marlon Azevedo; o presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Tarcísio Holanda; a presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), Maria José Braga; o presidente da Federação dos Radialistas, José Antônio, e o representante do Sindicato dos Radialistas de Mato Grosso do Sul, Ricardo Ortiz.

Em 2012, pelo menos três mortes de profissionais de comunicação foram registrados em MS. No dia 12 de fevereiro, o jornalista Paulo Roberto Cardoso Rodrigues foi assassinado, em Ponta Porã, a 346 km de Campo Grande. Conhecido como Paulo Rocaro, ele foi atingido por nove tiros e morreu na madrugada do dia seguinte.

No dia 4 de outubro daquele ano, o proprietário do Jornal da Praça, Luiz Henrique Rodrigues Georges, foi morto a tiros de fuzil. Georges, que dirigia o veículo, foi atingido na região da cabeça e tórax e morreu na hora.

Já no dia 22 de novembro, Eduardo Carvalho, proprietário do site UH News, também foi morto a tiros em frente de casa, no bairro Gioconco Orsi, em Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, ele recolhia a moto na garagem quando foi surpreendido por dois homens.

Leia Também

SISTEMA DE IRRIGAÇÃO EM MS
Jateí na lista, Agricultores de 08 cidades tiveram financiamento aprovado para sistema de irrigação
PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com novo cronograma, complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mutirão nos fins de semana, Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS paga R$ 392 milhões em salários nesta segunda-feira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Mineradora anuncia projeto de R$ 40 milhões para extração de basalto em Inocência
O BOTICÁRIO
O Boticário é eleito como a marca de beleza mais amada e preferida dos brasileiros
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Agesul reforça aterros na MS-184 'Estrada-Parque' devido forte vazão das águas
Governo de Mato Grosso do Sul desmente boatos de redução de 20% nos salários dos servidores públicos  Foto: Redes sociais FAKE NEWS
Governo de MS desmente boatos de redução de 20% nos salários dos servidores públicos
VOLTA ÀS AULAS NO MS
VOLTA ÀS AULAS: Governo de MS decide pela retomada das atividades da Rede Estadual de forma remota