Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Zeca preside nesta sexta reunião do Codesul no Paraná

16 Jul 2004 - 07h58
O governador Zeca do PT preside, nesta sexta-feira, no Hotel Bourbon Cataratas Resorts & Convention, em Foz do Iguaçu (PR), reunião do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), que congrega os estados de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Os governadores Zeca do PT (MS), Germano Rigotto (PMDB-RS), Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) e Roberto Requião (PMDB-PR) vão discutir na reunião, a primeira presidida pelo governador Zeca desde que assumiu o comando do bloco, em 12 de março deste ano, entre outros temas, logística de transportes, papel do Codesul no Mercosul (Mercado Comum do Cone Sul), localização estratégica e importância dos corredores bioceânicos, banco de desenvolvimento e investimentos e cooperação nas áreas de turismo, cultura, segurança, defesa civil, energia, ciência e tecnologia.

O governador Zeca do PT assumiu a presidência do Codesul pela segunda vez, defendendo maior aproximação e intensificação da cooperação entre os estados e maior interlocução do bloco com os estados, províncias e departamentos dos países do Mercosul. “Estamos saindo do discurso para, na prática, promover efetivamente a integração da América do Sul, o que vai ao encontro da política externa do presidente Lula”, afirmou o governador.

No encontro de Foz do Iguaçu, os governadores dos quatro estados vão discutir, também, os impactos da reforma tributária, tema que deve ser abordado pelo governador gaúcho. Para o governador Zeca do PT, o bloco dos estados do Sul tem papel fundamental no processo de integração da América do Sul e, sobretudo, dos países que integram o Mercosul.

Zeca do PT analisa que o Codesul é um importante instrumento de articulação de políticas que fortaleçam o Mercosul e o processo de integração. Por se situarem na fronteira com Argentina, Uruguai, Bolívia e Paraguai, os estados de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul têm, segundo Zeca, mais condições de articular a integração. "O Brasil só poderá se desenvolver de fato se ajudar seus vizinhos."
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada