Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Brasil

Zeca assinou carta-compromisso pela erradicação do trabalho escravo

6 Ago 2010 - 14h28Por Fátima News

O candidato a governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, assinou no dia 26 de julho a carta-compromisso contra o trabalho escravo. O site ReporterBrasil (http://reporterbrasil.org.br) noticiou o fato no dia 30 de julho, comemorando a rápida resposta do candidato ao apelo feito no dia anterior. A imprensa de Mato Grosso do Sul também repercutiu o ocorrido. Uma semana após Zeca ter assinado o documento, o concorrente fez o mesmo, em mais uma demonstração de que não tem projeto e persegue avidamente a agenda do candidato da coligação A Força do Povo, para copiar suas ideias e propostas e tentar confundir o eleitor.

 

 

“O povo me conhece e acredita quando me ouve dizer que vou lutar com todas minhas forças para impedir o trabalho escravo, quando digo que vou acabar com a miséria, que vou dar continuidade aos projetos interrompidos pelo atual governador para erradicar o analfabetismo. Essas propostas são genuínas do PT, dos partidos do campo democrático e popular que nos apoiam. Não adianta o adversário tentar copiar, soa falso, ele está aí há quatro anos e não fez nada disso, ao contrário, fez foi acabar com os programas sociais, governar com soberba, com mão de ferro. Ninguém engana a todos o tempo todo, ele já deveria ter aprendido essa lição”, comentou Zeca. 

 

 

A adesão de Zeca do PT à Frente Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo tem relevância porque Mato Grosso do Sul figura em segundo lugar no país entre os estados que mais exploram a mão-de-obra análoga à escrava, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego. Só em 2009 foram resgatados 1.634 trabalhadores de propriedades rurais onde eram submetidos a regime semelhante à escravidão, vivendo em ambientes insalubres e sem remuneração digna.

 

 

Ao assinar a carta, no dia 26 de agosto, Zeca do PT lembrou que a prioridade de seu programa de governo é erradicar a miséria em Mato Grosso do Sul, nos próximos quatro anos. Para tanto, vai reativar os programas sociais de ajuda alimentar e transferência de renda, extintos pelo atual governo, e investir na atração de indústrias com incentivos fiscais regionalizados, para garantir o crescimento econômico equânime de todos os municípios.

 

 

“Vamos oferecer oportunidades para as pessoas, desde os mais humildes, que carecem num primeiro momento do socorro generoso do Estado, para se erguer, para se alimentar, dar comida aos seus filhos, e num segundo momento, aprender uma profissão, ter uma fonte de renda e, então, caminhar com as próprias pernas. Mas também vamos apoiar os órgãos federais na fiscalização, impedindo que pessoas inescrupulosas se valham do suor dos mais humildes para aferir fortuna.”

 

 

Na carta, Zeca do PT se compromete a não apoiar empreendimentos ou empresas que tenham sido flagradas praticando o trabalho escravo, enquanto dará incentivo às empresas signatárias do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo. Por fim, o candidato assegura que renunciará ao seu mandato caso seja encontrado trabalho escravo em suas propriedades ou ficar provado que alguma vez já utilizou desse expediente no trato com seus empregados. Além disso, garante que vai exonerar imediatamente pessoa de sua confiança que vier a se beneficiar desse tipo de mão-de-obra.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros