Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 8 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Workshop aborda cultura do algodão no Estado

13 Set 2004 - 09h09
Para discutir a cultura do algodão no Estado, a Embrapa Agropecuária Oeste, a Secretaria de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur) e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect), realizam amanhã, a partir das 7h30, na Embrapa Dourados, um workshop enfocado na “Realidade e Desafios da Cultura do Algodoeiro em Mato Grosso do Sul”.

Embora a cultura do algodão seja relativamente desenvolvida em Mato Grosso do Sul – tecnologicamente o Estado já está bem avançado – alguns pontos ainda precisam ser repensados. Entre eles está uma questão considerada de suma relevância para o setor: a importância da pesquisa para o desenvolvimento da cotonicultura.

“Precisamos potencializar cada uma das instituições parceiras no campo da pesquisa. Inicialmente estamos pensando em uma rede integrada, onde cada parceiro vai priorizar uma demanda, para disponibilizar informações aos produtores”, comenta o coordenador de Agronegócios em Agricultura da Seprotur, Fernando Luiz Nascimento.


Pragas

Conforme Fernando Nascimento, a prioridade para o desenvolvimento da pesquisa está no fato de, impreterivelmente, se encontrar uma solução para as pragas que, em muitas vezes, acabam por causar grandes prejuízos nas lavouras do Estado. “Um exemplo está no ‘Bicudo’. Há 10 anos eram necessárias 17 aplicações de agrotóxicos para combater essa praga. Hoje, já conseguimos uma plantação relativamente boa com 12 aplicações”, acrescenta Nascimento.

Ainda segundo Fernando hoje existem em Mato Grosso do Sul dois tipos de produtores: os médios e grandes e a agricultura familiar. “Mais uma vez a pesquisa é importante. Nesse caso falo de uma pesquisa específica. Por exemplo, para a agricultura familiar é necessária uma informação mais relacionada ao manejo do solo, rotação de cultura”, completa.

Mais informações sobre o workshop pelo telefone (067) 425-5122.


Programação

7h30 – Inscrições
8h00 – Abertura
8h15 – Importância da Pesquisa no Desenvolvimento da Cotonicultura em Mato Grosso do Sul
Apresentação: Chefe-Geral da Embrapa Algodão – Robério Ferreira dos Santos
9h15 – A cultura do Algodoeiro em Mato Grosso do Sul: Situação Atual e Desafios
Apresentação: Presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampasul)
10h15 – Intervalo
10h30 – Apresentação das Linhas de Pesquisas Desenvolvidas em Mato Grosso do Sul
12h00 – Almoço
14h00 – Elaboração de Propostas de Pesquisa
17h00 – Encerramento
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem