Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 20 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Volta de Schumacher à F-1 pode ser definida em janeiro

9 Dez 2009 - 16h14Por Folha Online
A decisão sobre a possível volta do piloto alemão Michael Schumacher, 40, à F-1 pode ser revelada somente em janeiro, publicou nesta quarta-feira o diário esportivo espanhol "As".

O heptacampeão da principal categoria do automobilismo mundial é cotado para assumir um dos carros da Mercedes, montadora alemã que patrocinou seu início de carreira e que assumiu recentemente o controle da Brawn.

Segundo o jornal, Schumacher se reuniu com seu empresário, Willi Webber, na semana passada, em Stuttgart, cidade onde fica localizada a sede da Mercedes.

Após afirmar que o companheiro de equipe de Nico Rosberg na próxima temporada seria definido antes do Natal, o diretor da montadora Norbert Haug já admitiu que a escolha do seu outro piloto pode ser atrasada.

Questionado sobre a possibilidade de ter Schumacher como companheiro em 2010, Rosberg disse que "seria um desafio muito interessante, uma escalação soberba", mas que não sabia se era algo possível de acontecer.

A próxima temporada da F-1 começa no dia 14 de março, com a realização do GP do Bahrein, no circuito de Sakhir.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões