Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Vítimas da dengue vão parar na Santa Casa

19 Jan 2010 - 18h00Por Mídia Max / Paulo Xavier

A dengue continua causando preocupação, já que  em Campo Grande, nesses primeiros 19 dias de janeiro foram notificados 1538 suspeitas da doença, sendo que desse número, dois casos já foram confirmados. Esse alto número de notificações acaba refletindo, muitas vezes, em internações.

Segundo a médica infectologista da Santa Casa, Haydée Marina do Valle Pereira, já foram internadas no hospital 10 pessoas em 2010 com a doença, sendo que 5 estavam com dengue hemorrágica.

Segundo a médica infectologista, a dengue é uma doença que causa uma lesão no vaso sanguíneo e que, por isso, o principal tratamento é a hidratação.

No quadro clássico, a pessoa infectada tem febre alta (39ºC e 40ºC), dores de cabeça, cansaço, dor muscular e articulações, enjôos, vômitos, dor abdominal e manchas na pele. Os sintomas duram em média até 10 dias.

A internação é necessária quando se faz o exame das contagem das plaquetas e elas estão abaixo de 50.000 mm, além disso, o paciente pode apresentar alguns sinais de alerta como dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, hipotensão arterial. Muitas vezes, quando as pessoas apresentam esse quadro, ela está com dengue hemorrágica.

No começo, esse quadro da doença se assemelha com a dengue clássica, mas, depois do terceiro dia surgem hemorragias devido ao sangramento de pequenos vasos na pele e nos órgãos internos. Além disso, ela pode provocar hemorragias nasais, gengivais, urinárias, gastrointestinais ou uterinas.

Devido a isso, o doente acaba sendo internado para que seja hidratado e  monitorado através dos exames, como o da contagem das plaquetas, que vão mostrar como está a evolução da doença.

O quadro critico da doença é o denominado síndrome de choque da dengue, quando a pessoa apresenta um pulso quase imperceptível, inquietação, palidez e perda da consciência.

É preciso estar atento, pois com o tempo, pode haver um choque circulatório e o sangue deixa de circular prejudicando os órgãos que podem parar de funcionar e levar o paciente à morte.

Diante disso, a médica infectologista Haidée Pereira afirma que as pessoas devem estar atentas e realizar os exames, já que, muitas vezes, as pessoas já tiveram dengue e nem tiveram conhecimento. Quando a pessoa fica doente pela segunda vez, ela pode apresentar um quadro mais grave de dengue.

“No Brasil, pode-se pegar dengue três vezes, aqui há três sorotipos da doença. Eu tenho visto que muitas vezes, as pessoas pegaram a dengue uma vez e não sabiam disso.  As chances dela vir de um modo mais grave pela segunda vez é forte, por isso, as pessoas que estão com sintomas suspeitos precisam fazer os exames”, afirma Haidée Pereira.

Alessandra de Souza
 
 

Além disso, ela ressalta que uma das formas mais eficazes das pessoas combaterem a doença é através da conscientização de que é preciso não deixar terrenos sujos,  água empossada, colocar areias nos vasos. Medidas que são simples, mas que podem contribuir muito para que a doença não se propague.

“É preciso conscientização, as pessoas não podem deixar aparecer os focos, porque há a transmissão vertical do mosquito, ou seja, os filhotes da fêmea também poderão transmitir a doença. É preciso estar atento e se sentir os sintomas, é necessário buscar atendimento”, afirma a médica.

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto