Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 4 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Viciados em café criam resistência aos efeitos estimulantes da bebida

4 Jun 2010 - 10h04Por Notícias.MS

A conclusão é de um estudo inglês publicado na "Nature".

"A sensação de alerta de quem sempre toma café pode ser só um sintoma de síndrome de abstinência", afirma o estudo, liderado por Peter Rogers, da Bristol University.

A equipe de pesquisadores pediu a 379 pessoas que ficassem sem cafeína por 16 horas, e depois serviu a substância ou um placebo para elas.

Metade deles bebia muito café e metade, pouco.

O nível de alerta de quem recebeu café e era usuário regular da substância ficou igual ao de quem não tomava sempre e recebeu placebo.

Isto é, os viciados em café precisam tomar a bebida só para conseguir ficar em um estado normal.

Pessoas com tendência a ansiedade tomam mais café, o que sugere que a própria sensação faça parte do "barato" causado pela bebida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
TRAGEDIA
Empregada vai passear com cachorro, deixa filho com patroa e menino morre ao cair de prédio
FUTEBOL
Clubes de futebol brasileiros se unem contra homofobia
ASSUSTADOR E REAL NO BRASIL
Com uma morte por minuto, Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus nas últimas 24h, novo recorde
JULGAMENTO
TSE julga se cassa Bolsonaro e vice a partir de terça
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia
1º CASO NO BRASIL
Paciente recuperada de coronavírus no Piauí volta a ter teste positivo
VITIMAS DA COVID 19
Mãe, avó e irmão de jovem morrem por covid-19: 'essa doença é horrível'
COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19