Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de julho de 2021
Busca
Brasil

Vestibular da UEMS é substituído pelo Enem

30 Jun 2010 - 15h16Por Notícias MS
Os interessados em conquistar uma vaga no próximo ano para os cursos de graduação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) devem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio - Enem 2010 ou usar a nota obtida no Enem 2009.

O Conselho Superior da Universidade decidiu hoje, 30, aderir de forma integral ao Sistema de Seleção Unificada (SISU). Para o reitor, Gilberto Arruda, “esta iniciativa da UEMS demonstra uma atitude arrojada e o amadurecimento dos nossos conselheiros, uma vez que extingui o seu próprio vestibular que realiza há 15 anos, para adotar o sistema de seleção unificada do governo federal”, diz.

As inscrições para o Enem estão abertas desde o dia 21 de junho, os interessados em fazer a prova este ano devem se cadastrar, exclusivamente pela internet, até o dia 9 de julho. Os alunos de escolas públicas estão isentos do pagamento da taxa de inscrição, que custa R$ 35. “Isto significa que estes alunos estarão isentos do pagamento da taxa de inscrição do vestibular UEMS”, esclarece o reitor da Instituição.

A prova do Enem acontece nos dias 6 e 7 de novembro e a nota deste pode ser usada pelos estudantes para entrar na UEMS, bem como em outras universidades públicas e particulares, que aderirem ao SISU. Além disso, a realização da prova é pré-requisito para obtenção de bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni) e para adquirir o certificados de conclusão do ensino médio de jovens e adultos.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), neste ano as provas do Enem terão a mesma estrutura da aplicada no ano anterior, com um total de 180 questões. Serão quatro testes de múltipla escolha nas áreas de linguagem, ciências da natureza, matemática e ciências humanas, com 45 questões cada e uma redação.

A grande novidade é a inclusão de língua estrangeira (inglês ou espanhol) na área de linguagens. No primeiro dia do Enem, em 6 de novembro, os candidatos farão exames de ciências da natureza e ciências humanas, das 13h às 17h30. No dia 7, é a vez de matemática, linguagens e da redação, das 13h às 18h30.

A expectativa do Ministério da Educação (MEC) é de que pelo menos 6 milhões de alunos participem do exame. Em Mato Grosso do Sul, o total de participantes deve aumentar significativamente, já que a UEMS, vai usar o Enem para substituir o seu vestibular. “Trata-se de uma mudança radical de paradigma e, consoante a missão da UEMS: maior democratização ao acesso no ensino superior e inclusão social. É a primeira Universidade Estadual do Centro Oeste a aderir integralmente ao SISU”, finaliza o Reitor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros