Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Vereadores de MS se encontram em Dourados

24 Nov 2006 - 07h18
Dourados sedia hoje, 24 de novembro, um encontro inédito que vai reunir vereadores das Câmaras Municipais de Mato Grosso do Sul; o Fórum dos Legislativos Municipais – O MS que Queremos. O evento tem o objetivo de reunir subsídios para fundamentar as primeiras ações do governador eleito de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli. O Fórum é de iniciativa da Presidenta, vereadora Margarida Gaigher – PT, e integra uma das atividades do final de seu mandato frente à Presidência da Casa. O Fórum tem parceria da União de Câmara de Vereadores de Mato Grosso do Sul – UCVMS.
O encontro integra o projeto Câmara Cidadã implantado na gestão da Presidenta Margarida Gaigher de um legislativo forte que se constrói com participação consistente, responsabilidade e ética. Margarida disse que o momento de discussão é emblemático para a construção de políticas regionais de desenvolvimento e sustentabilidade. “A idéia é produzirmos um documento produtivo contendo fundamentos de quem vive de perto as dificuldades e conhece os caminhos que podem levar nosso Estado a um futuro melhor”, disse a parlamentar.
Ela lembrou que é fundamental que o futuro governador valorize o papel do Legislativo Municipal, abrindo canais de participação efetiva na construção de um governo economicamente forte e socialmente justo. “Os vereadores de todo o Estado vão aprovar o documento contendo um diagnóstico das prioridades regionais. O vereador tem seu papel, representatividade e valor dentro de cada comunidade. Por isso, devemos consolidar a relevância do parlamentar como fonte de informação e como propulsor de melhorias. No Fórum, cada município terá sua representação, sua vez e voz. Vamos mostrar a nossa força”, finalizou Margarida.
A opinião do Presidente da UCVMS, Ilson Leite, é de que embora sejam poderes independentes e autônomos, o Legislativo deve estar integrado ao Executivo e participar das decisões do Estado. “Sem a presença do Legislativo não há legitimidade nas ações do Executivo. A própria Constituição faculta ao legislativo fiscalizar, acompanhar, aprovar ou não as ações do Executivo”, observa o Presidente que é vereador em Jardim – MS.
O evento será um marco decisivo para a atuação legislativa, considerado uma trincheira da luta municipalista, aproveitando que o governador eleito já anunciou que pretende realizar um governo voltado ao municipalismo. “O Fórum vai superar todas as expectativas, contando com a participação de vereadores de todo o Estado. O conteúdo da Carta será correspondente a cada região presente no Fórum em Dourados e por isso é importante que todas as regiões estejam representadas, porque é o vereador que está em contato diário com a população, conhece a realidade e o grau das dificuldades que cada região enfrenta”, diz Ilson Leite.
O Fórum dos Legislativos Municipais vai fazer com que as Câmaras de todo o Estado busquem, de forma regional, dar ênfase à atuação parlamentar. A forma de trabalho é legitima e está no Artigo 3º do Estatuto da União de Câmaras como instrumento legal para unificar as reivindicações das Casas Legislativas

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço