Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 14 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Ventos do furacão Frances já atingem a Flórida

4 Set 2004 - 07h38
Os primeiros sinais do furacão Frances já atingiram a Flórida. Desde o início da tarde de hoje, chuva e rajadas de vento atingem com força o sudeste do Estado americano, arrancando árvores e postes de luz e levando objetos pelo ar.

Na região de Miami (leste da Flórida) quase 200 mil casas ficaram sem luz por causa deste incidentes. Apenas no condado de Broward (norte de Miami), 170 mil casas ficaram sem eletricidade e as autoridades indicaram que os fios elétricos não poderão ser reparados se os ventos continuarem soprando a mais de 46km/h. Há também outros lugares da região sem energia elétrica.

O olho do furacão, que poderá ser o fenômeno mais devastador dos últimos anos, está a cerca de 300 quilômetros a sudeste da costa. Os meteorologistas prevêem que o Frances, que caiu de intensidade 4 para 3 na escala Saffir-Simpson, vai deixar as Bahamas na madrugada de sábado, quando se encaminhará para a Flórida. Eles acreditam que furacão pode chegar ao continente amanhã.

Há dois dias a Flórida decretou estado de emergência. Por ordem do governador Jeb Bush 2,5 milhões de pessoas foram evacuadas de áreas costeiras em apenas 36 horas.

Morte e destruição na Bahamas
Pelo menos duas pessoas morreram nas últimas horas com a passagem do furacão Frances pelo centro-norte das ilhas Bahamas. Basil Dean, meteorologista bahamense, disse ao canal de televisão que a ilha de Gran Abaco, no noroeste do arquipélago, foi atingida por ventos superiores a 185 km/h. Dean explicou que nas ilhas do centro das Bahamas, incluindo Long Island e San Salvador, foram registradas fortes inundações e danos estruturais, mas afirmou que "ainda era possível avaliar os danos".

Nas últimas horas, em Nassau, a capital das Bahamas, os ventos alcançaram velocidades superiores a 80 quilômetros por hora com rajadas mais fortes, e o aeroporto da cidade permanece fechado. Sobre a região das Bahamas mais afetada pelo furacão caíram chuvas torrenciais que causaram inundações em boa parte das ilhas do centro-norte do arquipélago atlântico.

As Bahamas, um arquipélago de 700 ilhas e 300 mil habitantes situado ao norte de Cuba e a sudeste da Flórida, é uma região freqüentemente atingida por furacões e por tempestades tropicais que anualmente percorrem o Atlântico norte entre 1º de junho e 30 de novembro.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore