Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Venda no comércio eletrônico deve crescer 30% no Natal

12 Nov 2009 - 06h18Por Fátima News, com Assessoria

O comércio eletrônico deve movimentar R$ 1,63 bilhão no Natal, com crescimento de 30% em relação ao mesmo período no ano passado, quando o faturamento do setor atingiu R$ 1,25 bilhão, de acordo com pesquisa da consultoria e-bit.

"Diferente de outras datas comemorativas, no Natal, as pessoas têm o hábito de presentear familiares e amigos, o que potencializa a compra. Por isso, o volume de vendas é tão alto em qualquer canal de vendas, principalmente na internet", afirma o diretor geral da e-bit, Pedro Guasti.

Segundo estimativa da empresa, no carrinho virtual dos consumidores devem estar livros, categoria que historicamente é a líder do setor, e eletrodomésticos, que devem continuar em alta com a prorrogação até janeiro do IPI reduzido para itens com baixo consumo de energia.

Com o resultado do Natal, o varejo virtual deve fechar 2009 com um faturamento superior a R$ 10,5 bilhões, com crescimento de 28% em relação ao ano passado. De acordo com a e-bit, apenas 25% das pessoas que acessam a internet no Brasil são e-consumidores --a previsão é chegar a 17 milhões no final de dezembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Um missionário irado e inquieto
LARVAS
Vídeos mostram peixes frescos recheados de vermes; veja