Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 14 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Venda de materiais de construção se mantém em alta no MS

26 Out 2010 - 11h34Por Diário MS

A expansão da construção civil tem sido motivo de comemoração para lojas de materiais de construção em Dourados. Acompanhando o cenário nacional, o setor atravessa um período de grande expansão, com crescimento acentuado nas vendas em praticamente todas as linhas de materiais.

Conforme o empresário Moacir Pereira, proprietário de uma empresa especializada em materiais para acabamento, o bom momento da economia, aliado ao aumento do poder aquisitivo da população e ao acesso fácil ao crédito, tem impulsionado a venda de materiais de construção no município.

Ele estima que nos últimos 12 meses houve um incremento de pelo menos 20% nas vendas do setor. “O mercado vive um bom momento. A estabilidade econômica e os incentivos oferecidos pelo governo têm feito as pessoas construírem mais. Houve um aumento na procura em praticamente todas as linhas”, comentou.

Já o gerente da Bigolin Dourados, Fabiano Deiss, atribui o crescimento do mercado de materiais de construção também a uma mudança de comportamento da população. Segundo ele, hoje, as pessoas estão mais preocupadas em melhorar a infraestrutura das residências, principalmente, na intenção de criar espaços de lazer que possam acomodar a família e os amigos. “Neste período de final de ano, as pessoas investem mais na intenção de melhorar a infraestrutura de suas casas e renovar os ambientes.

Atualmente, muita gente prefere reunir os amigos em casa do que sair na noite. Esses fatores acabam estimulando as pessoas a investirem na construção. O momento é favorável e a expectativa é de que as vendas continuem em alta em 2011”, disse o gerente.

Deiss estima que no acumulado do ano houve um crescimento de aproximadamente 8% nas vendas, se comparado com o mesmo período do ano passado. O empresário José Luiz Machado Silva também atesta a ascensão do mercado de materiais para a construção. Segundo ele, o aumento na procura tem provocado até a falta de alguns produtos, como cimento e tijolo. “São muitas obras em andamento e isso tem gerado uma verdadeira corrida aos materiais. No ano, o crescimento varia de 5% a 7%, em relação ao ano passado, que por sinal já foi um ano bastante positivo para o setor”, relatou.

BRASIL
As vendas de materiais de construção no Brasil cresceram 15,09% de janeiro a setembro ante o mesmo período do ano passado, segundo informou ontem a Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção). O ritmo de expansão nos nove meses é o mesmo esperado para o acumulado do ano, quando o setor deve crescer 15%.

Em setembro, houve aumento de 3,56% na comparação com o mesmo mês de 2009, mas queda de 1,26% na comparação com agosto deste ano. As vendas internas dos materiais básicos caíram 1,15% ante setembro do ano passado e recuaram 1,77% ante agosto. Já as de materiais de acabamento cresceram 13,35% em relação a setembro de 2009, mas ficaram 0,31% menores que as de agosto. Nos 12 meses encerrados em setembro, o faturamento do setor aumentou 9,94%.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas