Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 9 de maio de 2021
Busca
Brasil

Vasp encerra o transporte de passageiros em MS

25 Nov 2004 - 15h34
 

A Vasp não opera com mais nenhum vôo diário fixo em Mato Grosso do Sul e há três semanas não transporta passageiros no Estado, conforme informação da Infraero. O guichê da companhia está fechado no Aeroporto Internacional de Campo Grande e, segundo informações, vários funcionários da empresa já estão trabalhando em outras operadoras de táxi aéreo.

Na Infraero o comunicado oficial chegou em 4 de novembro. Foi quando a gerência da Vasp afirmou oficialmente que deixaria de operar vôos em Campo Grande, embora os vôos já viessem sendo cancelados diariamente. Na ocasião o outro destino dentro do Estado – Corumbá – já estava definitivamente suspenso. A empresa, que operava com cinco vôos diários – para São Paulo, Cuiabá e Corumbá – já não contava com a quantidade mínima de passageiros, já que maioria temia os cancelamentos de última hora.

Ainda segundo a Infraero, as únicas operações da empresa registradas no aeroporto são vôos esporádicos para o transporte de cargas. A gerência da companhia em Campo Grande não foi localizada pela reportagem, para prestar esclarecimentos, e os telefones da empresa não atendem.

Crise

A crise na empresa se arrasta há meses, agravada a partir de setembro, quando tiveram início as sucessivas suspensões e cancelamentos dos vôos em vários Estados, incluindo o Mato Grosso do Sul, além da pressão por parte da Infraero para o pagamento da dívida acumulada em função do não pagamento das taxas aeroportuárias.

Nesta quinta-feira a Vasp recebeu ofício estipulando prazo de 48 horas para quitação da dívida, que chega a R$ 11,8 milhões. A empresa paulista pagou apenas R$ 150 mil da parcela de R$ 1 milhão prevista para ser quitada na terça-feira e agora terá mais dois dias para efetuar esse pagamento.


 
 
Mídia MAx

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo