Menu
SADER_FULL
segunda, 8 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Vander apresenta projeto de lei para estimular reciclagem

1 Jun 2011 - 16h00Por Fátima News, com a Assessoria
Vander apresenta projeto de lei para estimular reciclagem
 
O deputado federal Vander Loubet (PT-MS), encaminhou ontem (31/05) à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados um projeto de lei que obriga o fabricante de produto reciclável ou cuja embalagem seja reciclável a apresentar ao consumidor essa informação no rótulo. Em sua justificativa, o Projeto de Lei (PL) 1.474/11 abriga dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrando que apenas 2% da produção brasileira diária de lixo (230 mil toneladas) é reciclada.
 
Segundo Vander, a reciclagem pode reduzir a demanda por matéria-prima, ajudando a conservar os recursos naturais, além de reduzir o impacto dos resíduos sólidos sobre o solo, o ar, a água e a saúde da população. “Em muitos casos, a reciclagem é mais barata do que a matéria-prima extraída do meio natural. Ou seja, além de ter uma atitude mais alinhada à proteção do meio amebiente, é possível reduzir o custo de produção e até mesmo o preço dos produtos”, afirma o parlamentar sul-mato-grossense.
 
Ainda de acordo com o deputado, pesquisas recentes mostram que metade dos consumidores brasileiros leva em consideração o fato de um produto ter embalagem reciclável e respeita critérios sócioambientais na hora de fazer suas compras. “Com a obrigatoriedade da informação no rótulo indicando se a embalagem é reciclável ou não, estaremos dando mais subsídios a esse consumidor comsciente. É uma forma de estimular a reciclagem no Brasil”, conclui Vander.
 
Requerimento
 
Na mesma oportunidade, o deputado Vander Loubet apresentou à Mesa Diretora o Requerimento 1.951/11, solicitando a inclusão na Ordem do Dia da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 308/2004, que “altera os artigos 21, 32 e 144 da Constituição Federal, criando as polícias penitenciárias federal e estadual”.
 
A iniciativa propõe a criação de instituições nas esferas federal e estadual destinadas a assumir os encargos de guarda, escolta e recaptura de presos condenados ou custodiados pela Justiça. A proposta visa aperfeiçoar o sistema de segurança pública, uma vez que libera definitivamente os integrantes das polícias civil e militar de encargos em atividades carcerárias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA E COMOÇÃO
Vitimas da Covid-19, pai e filho são sepultados no dia
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: valores serão de R$ 175, R$ 250 e R$ 375, diz Guedes
SOS MATO GROSSO
Mato Grosso anuncia colapso e pede socorro, mas estados dizem que não têm vaga para ajudar
ELEGIVEL
Fachin anula condenações de Lula e petista volta a ser elegível
100 CONTROLE
Petrobras aumenta preços e gasolina pode atingir R$ 6 em Campo Grande
100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos