Menu
SADER_FULL
sábado, 12 de junho de 2021
Busca
Brasil

Vander apresenta discurso: O Brasil Forte garante um MS Forte

22 Out 2009 - 14h01Por Fátima News, com Assessoria

O deputado federal Vander Loubet (PT-MS) em seu pronunciamento ressalta as parcerias públicas e privada garantidoras de suporte financeiro e estrutural para o crescimento econômico e prosperidade coletiva. O apoio da União tem sido cada vez mais decisivo, assim, “No MS Forte”, uma análise ainda superficial permite ver que os investimentos de maior impacto econômico financeiro advêm de fontes não-estaduais, amparam-se em recursos federais, recursos privados e promessas de financiamento junto a organismos internacionais. 

Salvo as contrapartidas municipais e estaduais – que são em média 10% do valor total dos projetos -, os investimentos nas áreas de habitação, saneamento básico e urbanização de favelas ou de fundos de vale são bancados com verba da União. Como exemplo  posso citar as obras de habitação, viabilizadas por recursos da CAIXA Econômica Federal em todas as suas modalidade ou pelo Orçamento Geral da União, casos do FNHIS (Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social) e PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), entre outros. Após discorrer sobre os valores aplicados em transporte, saúde, habitação, turismo, arremata o deputado Vander que “a despeito da falta de gratidão ao presidente Lula, cuja grandeza jamais o levará a queixar-se da apropriação indébita de que foi vítima, acima de tudo isso o que importa é que essas obras sejam executadas e que a população – que não é ingrata nem mesquinha – possa usufruir de benefícios coletivos e duradouros, próprios de um Brasil Forte”!

Definida a Pauta

O presidente da Câmara, Michel Temer, reuniu-se na noite de ontem com líderes partidários para definir a Pauta de votações desta quarta-feira.  Serão votadas as duas MPs que trancam a pauta: MP 468/09, que transfere para a CEF todos os depósitos judiciais e extrajudiciais de tributos federais existentes em outros bancos, e o PL 5395/09, do Executivo, que exige diploma de curso superior, em cursos de licenciatura ou graduação plena, para os professores do ensino fundamental, desde o 1º ano. 

Depois que a pauta for destrancada, o primeiro item, a ser discutido e votado será o Projeto de Lei do Ato Médico, n. 7703/03, do Senado.


Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta