Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Valor da cesta básica cai em dezembro nas cidades de MS

5 Jan 2011 - 17h14Por

O custo da cesta básica alimentar em Campo Grande registrou queda de 1,20% em dezembro comparada ao mês anterior, de acordo com pesquisa divulgada hoje (5) pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac). O preço ao consumidor caiu de R$ 241,82, para R$ 238,93. Em Dourados a média de preço varia entre R$ 224,80 para R$ 216,43

Porém, apesar da queda, a cesta básica alimentar acumula aumentos. Nos últimos seis meses o preço subiu 5,35%. Durante os últimos 12 meses o aumento é ainda maior: 19,54%.

Dos 15 produtos que compõem a cesta básica, oito registraram queda no mês passado. Os destaques ficam com a batata, com redução de 14,29%, feijão, que caiu 6,82% e a carne, que contou com decréscimo de 3,33%. O sal registrou queda de 2,44%; o arroz, 2,31%; a laranja, 2,04% e o alface, 1,82%. O leite teve leve redução de 0,55%.

Já os produtos que acusaram alta de preço foram o açúcar cristal, com aumento de 8,68%, a banana, com 8,61% e o óleo, que teve alta de 7,75%. Também foram reajustados a margarina, com 4,25%, o macarrão, em 3,80%, o pão, em 3,36% e o tomate, que teve o preço acrescido em 2,56%.

Bons fatores climáticos elevaram a colheita da batata, que teve mais oferta no mercado e preço reduzido. O mesmo aconteceu com o feijão, que com o período de safra teve mais oferta e registrou 6,82% de redução do preço, de acordo com a Semac.

Já as usinas, que estão finalizando a moagem da cana-de-açúcar e entrando em férias coletivas, produziram menos açúcar. O resultado no bolso do consumidor é reflexo da menor oferta do produto que eleva suas cotações no mercado internacional aumentando seu preço também no mercado interno.

A pesquisa mensal da Semac constatou que em dezembro o trabalhador que recebe um salário mínimo de R$ 510 comprometeu 46,85% do seu salário em dezembro de 2010 para aquisição da cesta alimentar, restando R$ 271,07 para atender suas outras necessidades básicas como: água, energia, saúde, serviços pessoais, vestuários, lazer, entre outros.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter TopFAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa