Menu
SADER_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
Busca
Brasil

V turma de medicina da UFGD muda trajetória do curso

10 Mar 2010 - 14h41Por Assessoria
Universidade em greve, um professor efetivo e os demais como voluntários e faculdade sem sede própria. Essa foi a realidade com que se depararam os calouros do curso de medicina em 2003 depois de três a quatro anos de uma intensa batalha de vestibulares. A trajetória foi relembrada durante a colação de grau da V Turma de Medicina da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), na última sexta feira, pela diretora, coordenador, professores, homenageados e formandos do curso que reuniu mais de mil pessoas no Centro de Eventos Cerrado Brasil.

A diretora da Faculdade de Ciências da Saúde da UFGD, doutora Márcia Midori Shinzado, que no ato representou o reitor Damião Duque de Farias, enfocou que a V turma de medicina teve um grande peso na estruturação do curso pois não se intimidou diante de todas as dificuldades.

Já o orador da turma, Messias Villa Mendonça, lembrou do susto e desespero dos acadêmicos ao encontrarem o Campus 2 abandonado pelo descaso, sem material e sem laboratórios próprios, além da greve. A resposta foi a união e luta, através de protestos, fechamento da rodovia de acesso à universidade, carta ao presidente Lula, entre outras ações dos universitários.

“Fomos à Brasília, denunciamos nossos problemas, anexamos verbas em votação do orçamento, no Conselho Nacional de Educação buscamos o reconhecimento do curso. Nosso dedo esteve por todos os lugares da capital”.

O Professor Antônio Pedro Lucas Bittencout, Patrono da turma, num discurso emocionado também enfatizou a união dos acadêmicos pela transformação de “uma faculdade embrionária para uma referência hoje no Mato Grosso do Sul e no país”. Essa foi a linha geral dos discursos dos professores doutores João Vidigal, Paraninfo da Turma; do coordenador do curso, Julio Henrique Rosa Croda e Paulo Roberto da Cruz Oliveira, que foi escolhido como Nome da Turma. Os professores e doutores Julio César Ricci Tomolei, Cristina Yamashita, Mariana Trinidad Ribeiro da Costa Croda, Aroldo Henrique Boigues foram homenageados pela turma de formandos. Já os professores e doutores amigos da turma foram Marco Antonio Zeuli, José Flávio de Souza, José Sebastin Miranda Gomes. O funcionário homenageado da UFGD foi Franz Maciel Mendes.

A transformação do campus de Dourados da UFMS em UFGD ocorreu em 2005 e o curso de Medicina passou a fazer parte da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), com investimentos do Governo Federal o que contribuiu expressivamente para melhorias da infraestrutura, do número de docentes, implantação de Mestrados, Residências Médicas e Multiprofissional em Saúde.

A administração do Hospital Universitário (HU) que era de responsabilidade do município, hoje está à cargo da UFGD. O curso de Medicina da UFGD desponta na lista dos cursos de graduação mais concorridos do país.

Segundo palavras do Rafael Alves, Hugo, Cyntia, Jairo, Jonathan e Fábio membros da Comissão Organizadora “A festa foi como sonhamos, foi só elogio, dando destaque aos prestadores de serviços como: Melquíades buffet, Decoração de Adriano Martins de Maringá, DZM Comunicação e Eventos, as Bandas Lex Lutor do MG e a Metrópole, Dj Adriano, além do DJ Luciano que ficou do pôr do sol do Cerrado até às 11 horas da manhã no domingo, tudo foi perfeito” finalizaram.

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto