Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 27 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Universidades do Brasil assinam convênio de cooperação com México

4 Jun 2010 - 07h30Por G1

Universidades de excelência brasileiras assinaram nesta terça-feira (1) um acordo de cooperação com instituições de ensino superior mexicanas em reunião paralela ao 2º Encontro de Reitores Universia, em Guadalajara, no México.

Entre as universidades que firmaram a parceria estão a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) e outras que completam um total de 50 participantes do “Grupo de Coimbra”.

Esse grupo foi criado em 2008 com o intuito de fortalecer relações entre as próprias instituições de ensino superior brasileiras e com universidades de Portugal e da Espanha. O nome é uma forma de reconhecer a Universidade de Coimbra, em Portugal, como a “alma mater” das instituições do Brasil, segundo o coordenador da área de cooperação internacional da UFMT, Paulo Teixeira de Souza Júnior.

Entre as ações concretas que fazem parte do acordo assinado com a Associação Nacional de Universidades e Instituições de Ensino Superior (ANUIES), do México, está a possibilidade de mobilidade dos estudantes, o ensino de espanhol e português, e o desenvolvimento de projetos de pesquisas em comum.

“Acordos desse tipo promovem a internacionalização, que contribui para melhorar a qualidade do ensino com o intercâmbio de informações e dos estudantes”, disse Souza Jr.

Além de grandes acordos como o do “Grupo de Coimbra”, pequenas instituições de ensino superior, como a Universidade Feevale, uma universidade comunitária de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, tiveram a oportunidade de firmar acordos bilaterais no encontro em Guadalajara.

A instituição já recebe quatro estudantes da Universidade de La Salle Bajío, da cidade mexicana de León, no México, em seu curso de moda. “Os próprios estudantes entraram em contato conosco e disseram que gostariam de conhecer nosso curso. Aqui (no encontro), pudemos conhecer os reitores da universidade pessoalmente e discutir novas possibilidades de troca de informações e de estudantes”, disse o reitor da Feevale, Ramon Fernando da Cunha. Um elo entre as duas universidades é o fato de ambas estarem localizadas em áreas produtoras de sapatos, assunto que faz parte das disciplinas de seus cursos.

Além dos acordos assinados, dirigentes de universidades brasileiras dizem que o encontro serviu para que tivessem a oportunidade de fazer contato para convênios futuros. “Universidades mexicanas demonstraram interesse na nossa metodologia de gestão da educação à distância”, afirmou o diretor geral da Faculdade Integrada da Grande Fortaleza, José Liberato Barrozo Filho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 157.397 MORTES
Brasil tem mais 263 mortes e 15.726 novos casos de covid-19
ALIVIO NO BOLSO
Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir desta terça (27)
BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo
BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora