Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Umidade do ar fica abaixo dos 30% em Mato Grosso do Sul

16 Jun 2010 - 10h10Por Diário MS
O Inmet (Instituto Nacional de Metereologia) emitiu novo alerta de baixa umidade do ar em Mato Grosso do Sul. O aviso especial refere-se hoje. De acordo com o Instituto, as condições metereológicas são favoráveis à ocorrência de umidade relativa do ar abaixo dos 30%, índice considerado crítico, em áreas isoladas do Estado.

O Instituto já havia emitido alerta válido para a segunda e ontem, e informou que a umidade deve seguir baixa também amanhã. As temperaturas no Estado sofrem ligeira elevação hoje, com máxima que pode chegar a 34°C e mínima de 12°C. Segundo o instituto, o tempo fica claro a parcialmente nublado na maior parte do Estado, e nublado nas regiões Sudoeste e Sul. Em Dourados, a umidade do ar deve ficar mais baixa no período da tarde. A temperatura ficam entre 13°C e 29°C.

Por causa da baixa umidade, a Cedec (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil) orienta a população para que se evite atividades ao ar livre e exposição ao sol nos horários entre as 10h e 17h; principalmente no período vespertino, entre 14h e 16h. Quando a umidade do ar fica ainda mais baixa. É importante a ingestão de bastante líquido para não ter problemas com desidratação, comuns em épocas com clima seco.

Outra recomendação é evitar fogueiras perto de matas e florestas, uma vez que o tempo propicia a incidência de incêndios florestais. Para os motoristas que trafegam em regiões sujeitas a incêndios recomenda-se que não joguem pontas de cigarros para fora dos veículos, e que tenham atenção redobrada, devido à baixa visibilidade provocada pela fumaça.

Segundo os médicos, é preciso reforçar a hidratação e evitar ambientes fechados ou aglomerados devido à redução na resistência das vias aéreas. O clima frio e seco, segundo especialistas, facilita o surgimento de crises de asma, bronquite, renite e sinusite, além de facilitar a transmissão de doenças virais, incluindo a gripe suína.
Para amenizar os impactos do clima no corpo, os especialistas sugerem a utilização de vaporizadores, umidificadores de ar ou até bacias com água ou toalhas molhadas no quarto durante a noite. Outra medida importante é aumentar a hidratação e reforçar a ingestão de frutas, verduras e legumes, alimentos que possuem uma grande quantidade de água, ajudando a hidratar o organismo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos