Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

UFMS oferece 445 vagas para transferência em MS

9 Dez 2004 - 17h26
 

Para os acadêmicos de universidades particulares que desejam pleitear uma vaga na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), o Centro Permanente de Vestibular da instituição divulgou 445 vagas para transferência, referentes ao ano de 2005, entre o campus da Capital e do interior (Aquidauana, Corumbá, Dourados e Três Lagoas). O principal requisito é ter concluído pelo menos o primeiro ano do curso pleiteado.

Em Campo Grande os cursos com maior número de vagas são Ciência da Computação (17), Engenharia Ambiental (14), Farmácia (12), e Química (13 para bacharelado e 14 para licenciatura). Já no campus de Dourados o destaque ficou para os cursos de Administração (32), Direito (10) e Medicina (8). O campus de Corumbá oferece oito vagas para o curso de Psicologia.

O restante das vagas e o edital do concurso podem ser consultado pelo site da Copeve: www.copeve.ufms.br. E o valor das inscrições é R$ 160 para os cursos cujas vagas serão selecionadas em provas e R$ 80 para os cursos que não serão realizadas provas. As inscrições (pagamento, entrega de documentos e histórico escolar) devem ser efetuadas entre 5 e 20 de janeiro.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada