Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

UFGD oferece 650 vagas para 15 cursos no vestibular de verão

11 Nov 2006 - 07h45
Foi aberto ontem o período de inscrições para o vestibular de verão 2007 da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). No total, serão oferecidas 650 novas vagas divididas em 15 cursos.
Este será o segundo processo seletivo da história da universidade. O primeiro aconteceu em 03 de setembro deste ano e selecionou 260 alunos para os sete novos cursos da instituição, que são os cursos de engenharia de alimentos, engenharia de produção, zootecnia, química, gestão ambiental, ciências sociais e licenciatura indígena.
As pessoas interessadas em concorrer a uma das vagas, poderão retirar o manual do candidato no portal eletrônico www.ufgd.edu.br/vestibular. As inscrições poderão ser feitas até o dia 7 de dezembro. A inscrição pode ser feita nas casas lotéricas de todo o país.
As provas serão realizadas no dia 21 de janeiro de 2007, das 8h às 11h e das 13h30 às 17h30, nas unidades da UFGD em Dourados e, simultaneamente, em Campo Grande, em local ainda a ser divulgado.
O vestibular de verão da UFGD selecionará alunos para os cursos de Administração (50 vagas), Agronomia (60), Sistemas de Informação (50), Ciências Biológicas – Bacharelado e Licenciatura (30 vagas cada), Ciências Contábeis (60), Direito (40), Geografia – Bacharelado (30), Geografia – Licenciatura (40), História – Licenciatura (50), Letras – Licenciatura – Habilitação em Português/Inglês e Habilitação em Português/Literatura (30 vagas cada), Matemática – Licenciatura (50), Medicina (50) e Pedagogia (50).
Para participar, o candidato deverá pagar a taxa de inscrição de R$ 80 nas casas lotéricas e remeter a documentação comprovando a condição de inscrito para à Coordenadoria do Centro de Seleção da UFGD, localizada na rua Ciro Melo, nº 2.185 – Dourados-MS, (CEP 79805-031) até o dia 9 de dezembro, por AR ou Sedex.
Para efetuar a inscrição, o candidato deverá apresentar cópia do documento de identidade (frente e verso, lado a lado); uma foto 5x7cm, frontal e com data de 2006 ou 2005 (não será aceita foto 3x4cm e nem foto reproduzida com o uso de scanner ou meios eletrônicos similares); fotocópia do CPF do próprio do candidato; comprovante do recolhimento da Taxa de Inscrição ou termo de isenção; e o preenchimento do formulário do perfil socioeconômico do candidato.
MEDICINA
Apesar da contra-indicação do CNE (Conselho Nacional de Educação), o vestibular de verão da UFGD abre 50 novas vagas para o curso de medicina. A instituição conseguiu autorização do ministro da Educação, Fernando Haddad, para a realização de novos processos seletivos para o curso.
A suspensão do vestibular de medicina para a UFGD foi aprovada no dia 5 de abril pelo CNE, que reconheceu o curso pelo período de um ano. Entretanto, o curso continua enfrentando problemas, principalmente, com relação ao estágio prático supervisionado, conhecido como internato, para os acadêmicos do 6° ano do curso.
Assim como acontece com os acadêmicos que estão concluindo os estudos neste ano, os alunos do 5° ano do curso terão que ser encaminhados em 2007 para Campo Grande ou até mesmo para outros Estados para fazerem o internato, já que o quadro docente do curso ainda é insuficiente para a realização do processo no HU (Hospital Universitário) em Dourados.
No entanto, a universidade encontra dificuldades para conseguir vagas para os 48 alunos em hospitais e instituições de outras localidades. A indefinição fez os alunos do 5° ano suspender todas as atividades do curso até que se defina os locais onde todos farão o internato.
A não realização do internato a partir de 2007, em Dourados, pode trazer risco ao reconhecimento definitivo do curso de medicina da UFGD, já que uma das condições impostas pelo CNE para conceder o reconhecimento provisório do curso é que o regime de internato deva ser cumprido dentro da unidade federativa onde funciona o curso. No entanto, até o momento, já está confirmado a ida de pelo menos nove alunos para hospitais de outros Estados, sendo seis em Uberlândia (MG) e três em Porto Alegre.
Segundo o reitor da UFGD, Damião Duque de Farias, para que não haja problemas quanto ao reconhecimento definitivo do curso, a instituição argumentará ao CNE que a grande maioria dos acadêmicos farão o internato no Estado. “Teremos que nos justificar, no entanto, não acredito que isto possa prejudicar a reconhecimento do curso”.
 
 
Diário MS

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS