Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

TV Senado exibe documentário e homenageia Ramez Tebet

1 Dez 2006 - 16h22

A terceira e última parte do programa da série Senado Documento - 180 anos do Senado será levado ao ar nesta sexta-feira, às 22h45 (horário de Brasília) e deverá prestar homenagem ao senador sul-mato-grossense Ramez Tebet (PMDB), que morreu no dia 17 de novembro deste ano em conseqüência de um câncer.

Quem assistir ao programa terá a oportunidade de acompanhar também o desenrolar das eleições de 1974, em que o então Movimento Democrático Brasileiro (MDB), embrião do atual PMDB, conquistou 16 das 22 cadeiras do Senado. Essa passagem histórica marcou o ressurgimento da oposição política na Casa.

O programa irá mostrar também os últimos anos do regime militar - instalado em 1964 -, os senadores biônicos e a volta das eleições diretas para a Presidência da República em 1989, quando foi eleito Fernando Collor de Melo. O documentário inclui ainda dados sobre o trabalho da chamada CPI do PC, a comissão parlamentar de inquérito que investigou denúncias de corrupção no governo Collor (1990-1992). O processo, que culminou com a renúncia do presidente, foi deflagrado por denúncia de Pedro Collor. O irmão do presidente revelou a existência de tráfico de influência envolvendo Paulo César Farias - o PC -, tesoureiro da campanha de Collor à Presidência. O programa será reprisado no sábado (2), às 16h e às 21h30, e no domingo (3), às 22h30.

No sábado, ainda, à meia-noite, com reprise às 14h30 do domingo, a TV Senado exibe o show do músico, cantor e compositor Carlos Malta, gravado no Clube do Choro de Brasília em outubro deste ano. No show, Carlinhos Malta faz uma homenagem ao maestro Radamés Gnattali, com recriações de obras do compositor que morreu em 1988. Entre as composições estão Prenda Minha; Moto Contínuo e Zanzando, além de músicas de sua própria autoria.

No domingo, às 21h, fechando a programação dos destaques do fim de semana, a TV Senado apresenta o documentário Pixinguinha e a Velha Guarda do Samba, de Thomaz Farkas. Gravado em abril de 1954 no Parque Ibirapuera, em São Paulo, durante as comemorações dos 400 anos da cidade, o filme mostra imagens raras do compositor Pixinguinha, que morreu em 1987, aos 86 anos, e deixou dezenas de obras, como Carinhoso. A TV Senado pode ser sintonizada pelo canal 51 UHF e canal 7 (Net Brasília), além do canal 96 da Sky, do 217 da Direct TV e do 17 da Tecsat.

 

 

Midia Max News

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Ame o Senhor, seu Deus
BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)