Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

TV árabe compra direitos de Copas de 2018 e 2022

27 Jan 2011 - 09h18Por Folha de SP

A rede Al Jazeera, do Qatar, tornou-se a primeira emissora de TV a comprar os direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2018 e de 2022 para o Oriente Médio e para o norte da África.

Em dezembro, a Fifa elegeu a Rússia como sede do Mundial-2018. Já o Qatar abrigará o torneio em 2022.

O valor pago pela Al Jazeera para as duas Copas do Mundo não foi divulgado.

A emissora qatariana transmitirá os torneios de 2018 e 2022 via cabo, satélite e terrestre, por celular e em banda larga para 23 países, entre eles Arábia Saudita, Argélia, Egito, Irã, Iraque, Líbano, Marrocos e Síria.

Será mais uma investida no futebol da TV do Qatar, que se tornou mundialmente famosa, ao longo da década passada, pelas coberturas de conflitos no Oriente Médio.

Hoje, a rede Al Jazeera possui cerca de dez canais esportivos --dois deles para a TV aberta-- e transmite todos os jogos de torneios locais.

A emissora também já comprou os direitos da Copa de 2014, no Brasil, depois de transmitir um Mundial pela primeira vez, o da África do Sul, no ano passado.
Inclusive, durante a Copa sul-africana, milhares de espectadores da TV árabe não puderam assistir a algumas partidas por defeitos nas transmissões via satélite.

Na época, a emissora pediu ao governo da Jordânia que investigasse o caso, por suspeitas de que o sinal da Al Jazeera tivesse sofrido interferências naquele país.

Além das Copas do Mundo de 2018 e 2022, a TV qatariana acertou com a Uefa, no final do ano passado, a compra dos direitos de transmissão da Copa dos Campeões e da Liga Europa até 2015.

Tornou-se a única emissora que transmite, no Oriente Médio e no norte da África, os dois principais interclubes do continente europeu.

Mas a atuação da Al Jazeera no futebol não se restringe à transmissão de grandes eventos. A emissora já bancou até um amistoso da seleção brasileira em Doha.

Em novembro de 2009, o time de Dunga fez um clássico contra a Inglaterra --vitória por 1 a 0, com gol de Nilmar-- como parte das comemorações pelo décimo aniversário da Al Jazeera.

Recursos não faltam para os pesados investimentos da emissora qatariana na transmissão de jogos de futebol.

A Al Jazeera é bancada pelo emir Hamad bin Khalifa Al Thani, governante do Qatar desde 1995 e detentor de uma fortuna avaliada em 50 bilhões de libras (cerca de R$ 132 bilhões).
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Um missionário irado e inquieto