Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

TSE confirma 2º turno entre Lula e Alckmin

2 Out 2006 - 07h25
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), haverá segundo turno entre o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, e o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. Cada um teve, respectivamente, 48,61% e 41,64% dos votos válidos, após a apuração do pleito presidencial ser concluída, na madrugada desta segunda-feira. Lula não conseguiu atingir porcentagem maior do que a soma total dos outros candidatos.

A candidata Heloísa Helena (Psol) ficou em terceiro lugar, com 6,85% dos votos válidos. Cristovam Buarque obteve 2,64%. Ana Maria Rangel (PRP) somou 0,13%; José Maria Eymael (PSDC), 0,07%; Luciano Bivar (PSL), 0,06%, e o candidato Rui Costa Pimenta (PCO) não pontuou.

Lula teve uma tendência de crescimento na apuração, chegando a 49,6%, em parte graças à demora na apuração dos votos paulistas - que foram decisivos para a eleição ir para o segundo turno. Pouco antes da 22h começou a perder fôlego, sem nunca ter chegado aos 50% de votos válidos mais um necessários para ser eleito no primeiro turno.

Além do fator paulista, a grande polarização na disputa ficou entre as regiões Sul e Nordeste. Na primeira, Alckmin teve 55% dos votos e Lula, 35%. Na segunda, a situação foi inversa: o presidente com 67% e o tucano com 26%.

A pesquisa de boca-de-urna já sinalizava que a disputa seria apertada, apontando 50% dos votos válidos para Lula e 50% para a soma dos votos dos seus principais adversários.

Regiões
Lula irá para a disputa tendo vencido, no primeiro turno, em duas regiões e 16 Estados. Alckmin foi o mais votado em três regiões (Sudeste, Sul e Centro-Oeste) e 11 Estados, entre eles, dois dos cinco maiores colégios eleitorais do País: São Paulo e Rio Grande do Sul.

Primeiro colégio eleitoral do País, São Paulo tem cerca de 28 milhões de eleitores e, o Rio Grande do Sul, 7,7 milhões. Em São Paulo, com 99,87% dos votos apurados, Alckmin havia obtido 54,2% dos votos válidos. No Rio Grande do Sul, quando a apuração alcançava praticamente 100% dos votos, ele chegou a 55,76%.

Lula teve votação expressiva na região Nordeste. Até o percentual de 99,81%, ele ficou com 66,77% dos votos válidos, sendo que o melhor resultado foi registrado no Maranhão. O presidente obteve mais de 75% dos votos no Estado e, Alckmin, apenas 18,81%. Na região Norte, Lula recebeu 56,08% dos votos e Alckmin alcançou 36,32% quando a apuração chegava a 98,97%.

No Sudeste, Geraldo Alckmin foi o melhor colocado, mas com uma vantagem apertada, decorrente dos votos em São Paulo. Com 99,93% dos votos apurados na região, o ex-governador ficou com 45,21% dos votos válidos e Lula alcançou 43,28%.

São Paulo foi o único Estado da região onde o presidente não foi o primeiro colocado. Já nos outros Estados do Sudeste, o resultado foi favorável a Lula. No Espírito Santo, ele ficou com 52,97% dos votos, em Minas Gerais, com 50,80%, e no Rio de Janeiro, com 49,18%.

 

 

Terra 

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço