Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Três mil trabalhadores protestam em Brasília

13 Dez 2004 - 13h09
Cerca de três mil trabalhadores estão participando da Marcha Nacional do Salário Mínimo organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT). Eles iniciaram a marcha na cidade de Valparaíso (GO), a 40 km de Brasília, e pretendem entregar ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva na quarta-feira (15) uma carta reivindicando o aumento do salário mínimo e a correção da tabela do imposto de renda.

"A marcha já é vitoriosa. Em outros anos não se batia no salário mínimo e no imposto de renda. A marcha obrigou a pautar a conjuntura nacional esse debate", afirma o presidente da CUT, Luiz Marinho. Os sindicalistas querem um aumento de R$ 320 do mínimo em 2005 e a correção da tabela do imposto de renda em, pelo menos,17%.

Na quarta-feira, os trabalhadores também farão uma manifestação em frente ao Congresso Nacional para sensibilizar os parlamentares a aprovarem o mínimo em R$ 320. "Estamos criando todo o clima de pressão. O governo pode anunciar um aumento insatisfatório e podemos disputar no Congresso. A luta ainda está pelo meio", destaca Marinho. No sábado, o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, declarou que a proposta do governo é reajustar o mínimo para R$ 300 a vigorar a partir de maio de 2005, ou para R$ 290, a partir de janeiro. Atualmente o valor do salário mínimo é de R$ 260.

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, que também participa da marcha, afirma que os representantes das centrais sindicais devem ir hoje à Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional para discutir o valor do mínimo. "Vamos procurar hoje as lideranças para, na próxima quarta-feira, estarmos falando com todos os líderes da Câmara e do Senado".
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada