Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Três afogamentos em menos de 24 horas

11 Jan 2011 - 05h40Por Dourados Agora

A polícia registrou mais três afogamentos em menos de 24 horas na região Sul do Estado. Um na manhã de ontem, em Dourados e outros dois na tarde de domingo, no município de Mundo Novo.

Mergulhadores do 2º Grupamento de Bombeiros Militar, de Dourados se deslocaram ontem de manhã, para um pesqueiro de Dourados onde um corpo foi encontrado.

No local a perícia constatou que o jovem Douglas Batista do Prado, de 18 anos, morador numa chácara perto do pes-queiro, morreu afogado num tanque nos fundos do pesqueiro, localizado às margens da BR-163, na saída para Campo Grande.

Segundo informações de testemunhas, à polícia, ele pescava em companhia de amigos quando resolveu nadar e acabou sumindo nas águas. O grupo teria entrado de madrugada, no pesqueiro, sem autorização. Mundo Novo

Os irmãos Áureo Joel de Aquino, 40, e Julio Leandro de Aquino, 32, morreram afogados no rio Paraná, em Mundo Novo, na tarde de ontem. Por volta das 15h30. Júlio começou a debater-se na água, o irmão tentou salvá-lo e ambos morreram. Conforme noticiou o Campograndenews, na hora em que ocorreu o acidente, havia cerca de 500 pessoas no local. O corpo de Áureo foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e de Júlio continua sendo procurado. Conforme orientações, salvar pessoa em água requer habilidade. Se não for o caso, é melhor jogar um colete salva vida, um galho ou corda e puxar a pessoa.

O Corpo de Bombeiros alerta a população para que tenha mais cuidado durante banhos em rios, lagos e piscinas neste feriado prolongado para evitar riscos de afogamento. De acordo com o resultado parcial informado pela assessoria de comunicação dos Bombeiros, foram registradas 39 mortes por afogamento desde janeiro deste ano até agora em todo o Estado. Na Capital foram quatro ocorrências. Ano passado houve 53 mortes sendo 43 óbitos no interior e dez em Campo Grande.

De acordo com os bombeiros, os locais considerados mais perigosos para banhos são os rios Taquari, na região de Co-xim, o rio Aquidauana e o rio Paraguai, principalmente na região de Corumbá. Nestas áreas são mais frequentes as ocor-rências de afogamento, por isso são consideradas regiões perigosas. Dicas de segurança

Para se divertir em piscinas sem grandes preocupações a dica dos bombeiros é que as pessoas utilizem apenas clubes com o certificado de vistoria regularizado e em dia. A certificação tem validade de um ano. Outro cuidado a ser observado é a presença de pelo menos dois salva-vidas a cada 500 metros quadrados de água - exigência prevista na legislação. É desaconselhável nadar sozinho porque pode acontecer alguma cãibra ou cansaço que provoque perda de força e, consequentemente, o afogamento.

Em rios o risco é maior por causa da força da correnteza e também pela profundidade. A dica é que crianças entrem só em rios rasos e acompanhados de responsáveis maiores de idade e que saibam nadar. Os pequenos também devem estar equipados com bóias ou flutuadores que garantam ainda mais a segurança. Também é importante não sair das margens do rio, onde é mais seguro.

Brincadeiras como “caldos”, “trotes” ou “saltos” devem ser evitadas porque a profundidade de um rio ou de uma piscina pode ser pequena e saltos podem machucar ou contribuir para um possível afogamento.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter TopFAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'