Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Trad assina convênios de R$ 5 milhões na Capital

28 Dez 2006 - 13h46
O prefeito Nelson Trad Filho e o superintendente da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso do Sul, Maurício Quarezemin assinaram ontem contratos no valor total de R$ 5,2 milhões. Os recursos, previstos no Orçamento da União por meio de emendas parlamentares, serão aplicados em obras de pavimentação asfáltica, na continuação da Via Morena e para apoio ao setor agropecuário. Outros R$ 2,9 milhões serão investidos pela prefeitura, totalizando R$ 8,1 milhões em investimentos.

Pouco mais da metade dos recursos – R$ 2.720.250,00 – serão investidos em obras de asfalto. Com os R$ 2,7 milhões relativos à administração municipal, o investimento salta para R$ 5.420.250,00 milhões. Nas etapas A e B das obras de asfalto na Vila São Pedro, pertencente ao complexo Tijuca, serão necessários R$ 975 mil de recursos da União (R$ 487.500,00 em cada etapa) e mais R$ 1 milhão do Município, totalizando R$ 1,9 milhão.

No Jardim Talismã, as obras de asfalto exigirão investimento de R$ 2.662.000,00, sendo R$ 1.462.000,00 de emendas parlamentares e R$ 1,2 milhão dos cofres municipais. Já no Jardim Sagarana, os recursos da União para asfaltar o bairro são no valor de R$ 282.750,00. A prefeitura aplicará outros R$ 500 mil para completar os recursos necessários para a obra.

Para a segunda etapa da Via Morena, para o trecho compreendido entre a Praça Newton Cavalcante até o Aeroporto Internacional, a Prefeitura de Campo Grande receberá R$ 2,1 milhões, sendo R$ 200 mil de contrapartida do Município. Como foi feito na primeira etapa da via, o projeto prevê canteiros largos para que no futuro, havendo necessidade, o traçado possa ser transformado em corredor de transporte coletivo.

Dos recursos liberados, R$ 585 mil serão investidos em apoio ao setor agropecuário. Em dois anos de administração, o prefeito Nelsinho Trad incrementou as ações desenvolvidas para este setor. Como exemplo, pode-se citar a revitalização da CG 264, um importante corredor de escoamento da produção na região de Três Barras. Projetos como o de doação de mudas, além de permanecerem na atual gestão, receberam reforço em termos quantitativos.

"Quero destacar, neste ato, o comprometimento da equipe da Caixa Econômica Federal que tem dado uma contribuição muito importante para o desenvolvimento de Campo Grande", destacou Nelsinho Trad durante a assinatura dos convênios realizado na sala contígua a seu gabinete. Na avaliação de Quarezemin, a parceria entre CEF e prefeitura tem alcançado bons resultados "devido à competência das duas equipes". Os R$ 5,2 milhões que tem a CEF como instituição intermediadora são provenientes do Ministério das Cidades.
 
 
 
 
Dourados Agora

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS