Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

TJ/MS suspende eleição para escolha do Defensor Público Geral

18 Fev 2011 - 15h34Por Assessoria TJ/MS

O desembargador do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Sideni Soncini Pimentel suspendeu a eleição do Defensor Público Geral do Estado, que aconteceria na próxima quarta-feira, dia 23. O motivo: interessados na disputa modificaram a redação de uma lei que determina quem pode participar do pleito.

A decisão foi monocrática e surgiu por meio de liminar no mandado de segurança movido pela Adep (Associação dos Defensores Público de MS).

De acordo com o processo, o presidente do Conselho Superior da Defensoria Público alterou a redação dos artigos 99 e 101 da Lei Complementar Federal números 80/94, que estabelecem normas gerais para a organização das Defensorias Públicas nos Estados e garantem a participação de qualquer membro estável da carreira e maior de 35 anos na eleição para integrar a lista tríplice para o cargo de Defensor Público Geral do Estado, independentemente da Instância a que estiver vinculado.

A Adep requereu a concessão da liminar para assegurar aos defensores públicos de 1ª instância o direito de participar como candidatos na eleição para o cargo de Defensor Público Geral, desde que estáveis na carreira e com mais de 35 anos de idade, suspendendo a eleição a ser realizada no dia 23 de fevereiro.

Pela decisão, com a suspensão da eleição até o julgamento da segurança, permanece em vigor, em caráter excepcional, a atual composição dos Órgãos de Administração Superior, evitando-se, com isso, intercorrências no exercício da chefia da instituição e prejuízos aos assistidos.

De acordo com o relator do processo, Sideni Pimentel, “o direito invocado é plausível, já que, para concorrer ao cargo de Defensor Público Geral, o requisito imposto é justamente ser estável da carreira e ter mais de 35 anos de idade”.

O desembargador entendeu que, como a relevância e urgência da discussão impõe máxima agilidade em função da eleição que será realizada, tornando-se presente o periculum in mora (risco de decisão tardia, perigo em razão da demora), foi determinada a suspensão da eleição para o cargo de Defensor Público Geral.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa
 FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede de Ricardo dos Santos, pai do Jacaré, Pax Oliveira informa sobre velório