Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
FUTEBOL MS

TJ julga na segunda prisão de presidente da FFMS

17 Jun 2010 - 06h47Por Campo Grande News

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul irá decidir no próximo dia 21 de junho (segunda-feira) se manterá a condenação de prisão contra Francisco Cezário de Oliveira, presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS).

Cezário foi condenado em 2009 a dois anos e oito meses de prisão em regime semi-aberto por apropriação indébita de recursos da entidade, mas entrou com recurso no Tribunal de Justiça.

A decisão em primeira instância foi emitida pelo juiz Paulo Afonso de Oliveira, da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, que também condenou o presidente da Federação de Futebol a devolver R$ 56.610,00 que teriam sido desviados, segundo a acusação.

“Isso é um problema da Justiça. Se me acusam devem provar. Mas não tenho informação sobre o andamento do processo nem de data de julgamento”, se esquivou Francisco Cezário de Oliveira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos